Técnico do América-MEX deixará o cargo em junho

Agência EFE

GUADALAJARA - O técnico argentino Rubén Omar Romano anunciou nesta segunda-feira que deixará o atual cargo que ocupa no América, do México, a partir do mês de junho deste ano.

Romano disse ter a intenção de permitir uma reformulação na equipe, que disputa a Libertadores da América e ocupa o último lugar no Torneio Clausura do futebol mexicano.

- Temos um presidente com muita coragem e compartilhamos do mesmo sentimento. Vim com ele e também coloquei à disposição minha renúncia a partir de junho - disse Romano, ao anunciar sua demissão.

O treinador argentino foi solidário ao presidente do clube, Guillermo Cañedo, que também apresentou sua renúncia ao cargo. Romano, com um empate e cinco derrotas no Clausura, anunciou que deixará seu cargo ao término do torneio.

Já na Libertadores, a equipe mexicana ocupa a segunda colocação do grupo 5, com seis pontos, três a menos que o líder, River Plate.

- A equipe vai assumir suas responsabilidades para endireitar o navio - afirmou o argentino, que no dia 19 de fevereiro sucedeu no comando técnico do América o compatriota Daniel Brailovsky.