Brasileiros apitarão torneios de vôlei e vôlei de praia em Pequim

Agência EFE

MADRI - Os brasileiros Laert Francisco De Souza e Maria Amélia Villas-Boas foram indicado hoje para apitar os torneios de vôlei e vôlei de praia dos Jogos Olímpicos de Pequim, segundo anunciou a Federação Internacional de Voleibol (FIVB), que nomeou ainda outros 36 árbitros que participarão das competições.

No total, 38 árbitros (32 homens e seis mulheres) de 26 países foram designados para atuar nos Jogos.

No torneio de vôlei, o representante do país será Laert Francisco De Souza, de Minas Gerais. Além do brasileiro, apitarão o italiano Massimo Menghini; o búlgaro Konstantin Tufekchiev; o francês Patrick Deregnacourtt; o mexicano Humberto Salas; a tailandesa Janpen Jirakakul; a americana Patricia Salvatore e a tcheca Karin Zahorcova.

Os outros árbitros de vôlei serão o japonês Osamu Sakaide; o russo Andrei Zenovich; o sérvio Dejan Jovanovic; o turco Ümit Sokullu; o catariano Ibrahim al-Naama; o iraniano Mohammed Shahmiri; o canadense Mitch Davidson; o sul-coreano Kun-Tae Kim; o húngaro Bela Hobor; o holandês Frans Loderus; o alemão Frank Leuthauser; o porto-riquenho Víctor Rodriguez e os chineses Ning Wang e Liu Jiang.

Já no vôlei de praia, a representante brasileira na arbitragem será a brasiliense Maria Amélia Villas-Boas. Além dela, apitarão os chineses Hongyu Liu e Weiping Liu; o inglês Damien Searle; o francês Marc Berard; o alemão Marc Hagener; o neozelandês Richard Casutt; o suíço Jonas Personeni; o americano Glenn Sapp e o canadense Darryl Friessen.

Completam a relação dos juízes do vôlei de praia Andrea Haas, da Austrália; Leijun Wang, da China; Stefano Cesare, da Itália; Takashi Fujii, do Japão; Miguel Ramírez, do México, e Geir Dahle, da Noruega.