Com um a menos, Arsenal vira e se aproxima

Portal Terra

LONDRES - Com um homem a menos desde os 30min do primeiro tempo, graças à expulsão de Diaby, o Arsenal conseguiu hoje uma virada heróica e venceu o Bolton, fora de casa, por 3 a 2, pelo Campeonato Inglês. O meia espanhol Cesc Fábregas fez o gol da virada nos acréscimos do segundo tempo.

Com o resultado, o time londrino, segundo colocado provisoriamente, chegou aos 70 pontos. O Manchester United tem 73 e o Chelsea 68. Ambos ainda não jogaram na rodada.

Como apenas a vitória interessava para diminuir a vantagem do líder Manchester United, o Arsenal começou a partida disputada no Reebok Stadium pressionando a equipe da casa.

Contudo, em sua primeira chegada ao ataque o Bolton conseguiu o gol de abertura do placar. Foi aos 13min, quando Diouf serviu Steinsson pela direita, que levantou na área para Taylor antecipar-se à zaga e marcar de cabeça.

Precisando buscar o resultado, os visitantes tiveram uma grande chance aos 38min, com Gallas chutando rente à trave do goleiro Al Habsi.

Logo na seqüência, porém, os ânimos dos comandados de Arsene Wenger se esfriaram, já que em lance na altura do meio-campo, Diaby levou diretamente o cartão vermelho após entrada dura em Steinsson.

Para piorar a situação dos londrinos, o mesmo Tayloy, que ainda não havia marcado em toda a temporada, foi pela segunda vez às redes aos 42min.

Flamini vacilou ao tentar sair jogando, Diouf recuperou a posse e serviu o meia, que chutou da fora da área; a bola ainda desviou em Gallas antes de morrer no canto direito do goleiro Almunia.

No entanto, o que beirava o desespero e significava o fim das chances de título do Arsenal se transformou em uma grande virada. Sem outras alternativas, Wenger sacou o zagueiro Senderos para colocar o meia-atacante Walcott aos 14min, lançando a equipe ainda mais ao ataque.

O placar só se manteve intacto até os 16min. Após cobrança de escanteio de Fabregas, Gallas acertou chute de perna direita, reacendendo as esperanças da torcida do Arsenal.

Para aumentar a euforia da equipe, apenas cinco minutos foram necessários para ocorrer o empate. Foi quando, em um primeiro momento, Flamini recebeu na grande área e perdeu boa chance ao chutar para a defesa de Al Habsi. No rebote, Hleb dominou na cara do gol e foi derrubado por Cahil: pênalti claro, que Van Persie cobrou com perfeição.

A partir de então, o gol da vitória, que parecia ser inevitável, esteve sempre perto do Arsenal, mas só acabou saindo nos instantes finais da partida.

Aos 45min, Flamini recebeu na ponta esquerda dentro da área e rolou para Fabregas, que chutou fraco, com a bola desviou em Samuel e morrendo lentamente no gol do Bolton.

Veja outros resultados:

Birmingham 3 x 1 Manchester City

Derby County 2 x 2 Fulham

Portsmouth 2 x 0 Wigan

Reading 0 x 0 Blackburn

Sunderland 2 x 1 West Ham