Ronaldo começa a andar sem muletas e se diz animado com recuperação

Agência EFE

MILÃO - O atacante brasileiro Ronaldo, do Milan, divulgou hoje nota em seu site avisando que, 42 dias depois de machucar o joelho esquerdo, deixou de usar muletas e começou a caminhar com o auxílio de uma bengala.

- Estou muito contente pela evolução e por não estar sentindo mais dor - destacou o atacante. De acordo com o comunicado, "a fase mais difícil da recuperação parece estar chegando a seu fim".

Segundo declarações de seu fisioterapeuta, Bruno Mazziotti, o jogador já atingiu 70 graus de movimento da articulação sem dor.

- Com bastante calma e cuidado estamos conseguindo atingir um resultado acima do esperado e Ronaldo está cada vez mais confiante e se sentindo mais independente. Já vamos iniciar algum trabalho de força nas próximas semanas - explicou o fisioterapeuta.

Na próxima quarta, Ronaldo viajará a Paris para sua última consulta com o doutor Gérard Saillant, e posteriormente viajará a Madri para comemorar o aniversário de seu filho Ronald, no dia 6.

Ronaldo foi operado de uma ruptura total do tendão patelar do joelho esquerdo no dia 14 de fevereiro, num hospital de Paris, oito anos depois de passar pelo mesmo procedimento, só que na direita.

Após a operação, o professor Yves Catonnet, um dos dois cirurgiões que participaram do procedimento, disse que era difícil apontar o tempo necessário para a recuperação do atacante, mas alertou que o jogador teria de esperar entre cinco e seis meses antes de trotar e oito meses para voltar a treinar com bola.