Jornal diz que Marcelinho Paraíba se envolve em confusão em Berlim

Agência EFE

BERLIM - O atacante brasileiro Marcelinho Paraíba, do Wolfsburg, se envolveu em uma confusão em uma discoteca de Berlim ao ser acusado de dar uma garrafada na cabeça de um homem, publica nesta terça-feira o jornal 'Bild'.

A confusão aconteceu na madrugada de domingo para segunda, às 4h54 (horário local), em uma discoteca berlinense na qual o jogador brasileiro se divertia com amigos.

Segundo o relato da suposta vítima, Ingo H. (de 44 anos), à "Bild', Marcelinho começou a provocá-lo com empurrões pelas costas. Depois, o jogador lhe deu um murro no peito.

A primeira agressão foi seguida por uma tentativa de intimidação, já que o brasileiro exigiu que ele fosse embora.

Antes de sair, Ingo H. foi ao banheiro e quando ia deixar o local encontrou o atacante na porta, que o atingiu com uma garrafa de cerveja, o que o levou ao chão.

O 'Bild' mostra várias fotos de momentos que precederam a confusão, imagens nas quais Marcelinho Paraíba é visto se divertindo na pista de dança.

Além disso, há duas fotos do agredido, uma delas com um ferimento profundo na cabeça e a outra com a camisa e a gravata manchadas de sangue.

Ingo H. prestou queixa à Polícia, enquanto Marcelinho Paraíba até agora disse ao 'Bild' que o cliente o 'provocou', mas que não houve uma agressão como afirma a vítima.