Daniel Alves quer seguir a trilha de Cafu na Seleção Brasileira

Edilson Campos, JB Online

RIO - Cinco anos no Sevilha, considerado um dos destaques do time campeão da Copa da Uefa de 2007, Daniel Alves está totalmente adaptado ao futebol espanhol. E sonha seguir a trilha de sucesso de Cafu, que disputou quatro Copas do Mundo, com três finais consecutivas (1994, 1998 e 2002) e dois títulos mundiais (nos Estados Unidos, em 94, e na Ásia, em 2002). Mas primeiro o brasileiro quer convencer o técnico Dunga que tem condições de ser titular da Seleção Brasileira para, então, tentar repetir a trajetória do ídolo.

- O Cafu é referência tanto como jogador quanto como pessoa. Espero conseguir fazer uma pequena parte do que ele conseguiu. Cafu é um dos jogadores mais importantes da história da Seleção Brasileira. É um sonho ser o sucessor dele garante Daniel Alves, de 24 anos, que tem no currículo o título de campeão mundial Sub-20, em 2003, nos Emirados Árabes Unidos.

Jogador de estilo ofensivo, Daniel Alves é ídolo em Sevilha. No entanto, quer mais. Sonha com a possibilidade de disputar a primeira Copa do Mundo da carreira, em 2010, na África do Sul.

- Participar de uma Copa do Mundo representa o ápice na carreira de um jogador. Imagina substituindo o Cafu. Seria demais! Seria a realização de um sonho. É difícil porque o Brasil tem ótimos laterais, mas estou otimista frisa.

Daniel Alves quer aproveitar o amistoso do dia 26, contra a Suécia, em Londres, para mostrar serviço ao técnico Dunga, da Seleção Brasileira.

- É uma oportunidade maravilhosa. Trata-se de um jogo importante para a Seleção, em festividade pelos 50 anos do título de 1958. Espero ter a chance de mostrar meu trabalho para o Dunga. Existem vários bons laterais e a briga vai ser boa pela posição. O Brasil tem bons jogadores na minha posição. Eu me sinto muito feliz e privilegiado por ser um destes escolhidos ressaltou Daniel Alves.

Para a lateral-direita, Dunga já convocou com mais constância, além de Daniel Alves, Maicon e Cicinho. Justamente para a posição onde brilhou Jorginho, auxiliar técnico da Seleção Brasileira.

-É um prazer muito grande trabalhar com o Jorginho, um dos melhores laterais que a Seleção já teve. Ele costuma dar toques, utilizando a larga experiência que possui. Costumo seguir os conselhos dele garante Daniel Alves.

Confiança na recuperação de Ronaldinho Gaúcho

Ao mesmo tempo que pensa em conquistar definitivamente vaga na Seleção Brasileira e ir á Copa do Mundo de 2010, na África do Sul, Daniel Alves se preocupa com os jogadores brasileiros que atuam na Espanha. Muitos dos quais amigos dele. Ronaldinho Gaúcho é um deles. O lateral do Sevilha acredita que o craque do Barcelona vai se recuperar e atingir a ótima forma.

- Ele está atravessando um momento difícil, mas o próprio Barcelona não está tão brilhante na atual temporada. E isso já era esperado. Sabemos que é difícil manter o ritmo por mais de dois anos. Torço para o Ronaldinho recuperar o melhor momento. O que acontece é que trata-se de um daqueles jogadores que estão acostumados sempre a fazer 100% e quando fazem 90% todos cobram demais frisa Daniel Alves.

O lateral do Sevilha acredita e torce para Ronaldinho Gaúcho que completou 28 anos dia 21 - rapidamente repita o futebol brilhante que todos estão acostumados a ver.

- A gente que está próximo e que gosta de futebol bonito, vistoso, torce para que ele se recupere o quanto antes. Ele tem o futebol bonito de se ver entende.

Daniel Alves também elogia o companheiro de time Luís Fabiano, artilheiro do Sevilha no Campeonato Espanhol e que luta pela 'Chuteira de Ouro', prêmio oferecido para o artilheiro europeu na temporada 2007/2008. O ex-jogador do São Paulo e titular da Seleção Brasileira está cotado para se transferir para o Real Madri e atuar ao lado dos compatriotas Robinho, Marcelo, Pepe e Júlio Baptista.

- Ficamos felizes porque o Luís é meu amigo, ótimo jogador e atravessa excelente momento. É um jogador que tem sido muito importante para o Sevilha. Mas se o futuro dele for esse, vamos torcer para que seja muito feliz ressalta Daniel Alves, se referindo à possibilidade de Luís Fabiano ir para o Real Madri.