Bruno Senna não completa GP da Malásia de GP2 Ásia

JB Online

RIO - Este sábado não foi bom para Bruno Senna. O piloto brasileiro, sobrinho de Ayrton Senna, não conseguiu completar o GP da Malásia de Fórmula GP2, realizado no Circuito de Sepang. A prova, muito tumultuada pela chuva e inúmeras escapadas da pista, foi vencida pelo russo Vitaly Petrov.

Bruno Senna saiu em quatro, chegou a liderar a prova, mas foi a vítima número 1 da chuvar. Ele passou reto na curva 4 e ficou para trás, mas a quantidade de carros rodando foi tamanha que a prova foi interrompida pela bandeira vermelha. Na relargada, Bruno, que havia retornado na 9ª colocação, deixou o motor apagar e precisou ser empurrado pelos fiscais até o pit lane, onde os mecânicos da iSport conseguiram colocá-lo em movimento. Com as chances completamente comprometidas, voltou à corrida até abandonar definitivamente por causa de outra escapada no asfalto molhado.

O resultado da prova foi este:

1 Vitaly Petrov (Rússia), Barwa-Campos Team, 48 voltas

2 Fairuz Fauzy (Malásia), SuperNova, a 6s5

3 Jérome D'Ambrosio (França), DAMS, a 7s7

4 Davide Valsecchi (Itália), Durango, a 11s0

5 Kamui Kobayashi (Japão), DAMS, a 11s3

6 Yelmer Buurman (Holanda), Arden, a 15s2

7 Milos Pavlovic (Sérvia), BCN Competición, a 35s8

8 Harald Schleghelmich (Letônia), Trident, a 41s2

9 Romain Grosjean (França), ART GP, a 51s1

10 Diego Nunes (Brasil), DPR, a uma volta

A nova classificação do campeonato:

1º) Romain Grosjean - 29 pontos

2º) Fairuz Fauzi - 21

3º) Vitaly Petrov 18

4º) Bruno Senna - 17

5º) Adrian Vallés - 15

6º) Sébastien Buemi 12.