Flamengo vence Nacional por 2 a 0 e lidera grupo 4 da Libertadores

Bruno Pontes, JB Online

RIO - Com atuação razoável mas eficiente, o Flamengo venceu na noite desta quarta-feira o Nacional, do Uruguai, por 2 a 0, em jogo válido pela quarta rodada, no Maracanã.

Em jogo tranquilo e sem problemas entre jogadores ou arbitragem, o Flamengo, que precisava da vitória para continuar respirando e com chances de classificação na competição, entrou em campo carregado nos braços da torcida, que compareceu em bom número ao Maracanã.

Sem Léo Moura, expulso no último jogo, o time da Gávea sentiu falta das jogas ofensivas pela direita, e mesmo com boa atuação de Luizinho, não conseguia no primeiro tempo boas jogadas de ataque.

O Nacional por sua vez, queria administrar o jogo, já que no primeiro confronto havia vencido por 3 a 0. Com isso, o time uruguaio ficou boa parte dos 45 minutos na retranca.

O primeiro gol do Flamengo aconteceu aos 25, após levantamento na área, que Ronaldo Angelim tentou ajeitar de cabeça, para que em seguida Fabio Luciano também cabeceasse.

A bola sobrou na esquerda para Marcinho que tentou duas vezes antes de empurrar para as redes.

O gol deixou a partida mais tensa e as faltas ficaram mais violentas. Com jogo mais disputado, o placar permaneceu o mesmo até o fim da primeira etapa.

No segundo tempo, os uruguaios voltaram com mais disposição, e o Flamengo teve mais trabalho na marcação.

O atacante Richard Morales era o mais acionado em campo e dava trabalho a Fabio Luciano e Ronaldo Angelim.

A empolgação do Nacional, no entanto, dura pouco tempo. Aos 20 minutos, Luizinho fez boa jogada na direita e cruzou para Juan que cabeceou na trave. No rebote Marcinho finalizou e ampliou, marcando seu segundo gol na partida e seu terceiro na competição.

Com a confortável vantagem, o time de Joel Santana relaxou em campo, mas soube administrar bem o resultado até o final.

Com o resultado positivo, o Flamengo foi a 7 pontos, e assumiu a liderança do grupo 4.