Presidente do COB e César Maia assinam gestão do Parque Maria Lenk

Bruno Pontes, JB Online

RIO - Em solenidade realizada no final da manhã desta segunda-feira, o presidente do Comitê Olímpico Brasileiro Carlos Arthur Nuzman e o prefeito do Rio César Maia assinaram o termo de cessão para a utilização do Parque Municipal Maria Lenk, palco dos principais eventos aquáticos nos Jogos Pan-Americanos do ano passado.

Na cerimônia realizada no Palácio da Cidade, em Botafogo, na Zona Sul da cidade, estavam presentes atletas para-olímpicos, Nayara Figueira e Lara Teixeira do nado sincronizado, além da deputada estadual Solange Amaral, e o ex-nadador Ricardo Prado.

O Prefeito César Maia afirmou que o contrato de cessão do Parque Aquático Maria Lenk ao COB, com duração de 20 anos, é garantia do uso adequado do equipamento.

Maia anunciou ainda que faltam apenas alguns detalhes jurídicos para que a gestão do Velódromo, que integra o complexo da Arena Esportiva da Barra, também passe para o COB, com contrato semelhante ao do Projeto assinado nesta segunda-feira.

- O nosso objetivo é reduzir despesas e aplicar mais no esporte para que vitórias como estas continuem acontecendo analisou o prefeito.

Já Nuzman, elogiou o esforço da Prefeitura na construção de equipamentos olímpicos com qualidade reconhecida no mundo todo.

O presidente do COB afirmou ainda que o desafio de o Comitê assumir uma gestão pela primeira vez será cumprido com competência e seriedade pelo bem do esporte.

- Este acontecimento tanto com o Maria Lenk como com o Velódromo muito em breve, serão fundamentais para o futuro do esporte no país, como para a candidatura (às olimpíadas de 2016) garantiu Nuzman, que completa 66 anos nesta segunda-feira e considerou a assinatura da gestão como um verdadeiro presente de aniversário .

Uma empresa especializada será contratada pelo COB para desenvolver o modelo de gestão do Parque Aquático Maria Lenk, que deverá, entre outras finalidades, sediar cursos, seminários na área esportiva, servir para treinamento de atletas e abrigar atividades de cunho social ligadas ao esporte, além de competições regionais, nacionais e até internacionais.

A última novidade anunciada por Nuzman foi o anúncio oficial do ex-nadador Ricardo Prado como diretor de esportes do Parque Aquático Maria Lenk, que receberá atletas de todo o país para treinar e para participar de competições.

O ex-nadador que coordenará todos os setores do esporte aquático existentes no Maria Lenk se disse muito motivado com a nova missão.

- Para as modalidades aquáticas é um sonho utilizar o Maria Lenk e para qualquer profissional do esporte é uma grande honra e felicidade assumir essa função vibrou Ricardo Prado.

O novo chefe do Maria Lenk, disse ainda que o objetivo é fazer do local uma verdadeira universidade de esportes aquáticos, revelando futuros talentos e que para isso será feito uma pesquisa sobre países que já adotaram esta forma de gestão.