Vendas no comércio aumentam 1,8% em janeiro, diz IBGE

REUTERS

SÃO PAULO/RIO - As vendas do comércio varejista brasileiro aumentaram 1,8 por cento em janeiro, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta sexta-feira.

Na comparação com janeiro de 2007 (sem ajuste sazonal), a alta foi de 11,8 por cento, melhor resultado para os meses de janeiro desde o início da série histórica em 2001. Nos últimos 12 meses, a taxa de crescimento chegou a 10 por cento.

- Mais uma vez a conjuntura econômica favoreceu o comércio através do aumento da massa salarial, do emprego, da renda, do crédito e do dólar baixo - disse Reinaldo Pereira, técnico do IBGE para pesquisa de comércio.

No primeiro mês do ano, nove das dez atividades pesquisadas alcançaram resultados positivos para o volume de vendas, na série com ajuste sazonal.

Entre elas, as maiores altas foram de Móveis e eletrodomésticos (9,8 por cento), Outros artigos de uso pessoal e doméstico (7,7 por cento); Tecidos, vestuário e calçados (3,7 por cento) e Veículos e motos, partes e peças (2,6 por cento).

O IBGE ampliou os setores pesquisados a partir desta sondagem, segundo informou Pereira, passando para 10 itens.

- Começar o ano com esses resultados mostra que o comércio está bastante aquecido. Se a conjuntura se mantiver, o comércio pode ter resultados até superiores aos do ano passado - disse Pereira.

O único resultado negativo ficou com Material para escritório, informática e comunicação, com queda de 4,1 por cento.