Fifa mantém restrição de jogos na altitude

Agência EFE

ZURIQUE - O Comitê Executivo da Fifa decidiu nesta sexta-feira manter as limitações para a disputa de partidas na altitude segundo o estipulado em dezembro de 2007, apesar dos pedidos da CSF para que a cidade boliviana de La Paz receba partidas das Eliminatórias para a Copa de 2010.

O presidente da Fifa, o suíço Joseph Blatter, afirmou que o Conselho Executivo decidiu manter a decisão adotada em dezembro de 2007 quando estabeleceu uma série de limites para as partidas internacionais disputadas a mais de 3.000 metros acima do nível do mar, após tê-las proibido no mês de maio.

Estas limitações determinam que apenas serão disputadas partidas internacionais a mais de 2.750 metros de altitude após um período mínimo de adaptação dos jogadores de uma semana, enquanto no caso de um jogo a mais de 3.000 metros o tempo de adaptação será de pelo menos duas semanas.

A Fifa afirmou que tomou a decisão de limitar os jogos na altitude após o final de um simpósio médico realizado em Zurique com o objetivo de preservar a saúde dos atletas.

O presidente da Associação de Futebol Argentino (AFA) e vice-presidente da Fifa, Julio Grondona, defendeu junto ao Conselho Executivo a postura de manter a capital boliviana como cenário das Eliminatórias para a Copa de 2010.

A proposta de Grondona também foi apoiada pelo presidente CBF, Ricardo Teixeira.