Exame descarta contusão grave no joelho direito de Kaká

Agência EFE

ROMA - O meio-campo brasileiro Kaká realizou uma ressonância magnética nesta segunda-feira e afastou a possibilidade de estar com uma lesão grave no joelho direito, que poderia até afastá-lo dos gramados com a camisa do Milan.

- Kaká foi submetido hoje a uma ressonância magnética e o resultado foi negativo. Ele tem apenas uma lesão forte, mas nada grave - disse uma nota divulgada pelo Milan.

O meia foi substituído no intervalo da vitória de ontem por 2 a 1 sobre o Palermo, pelo Italiano, ao levar uma pancada no local.

Em declarações a uma rádio local, Kaká reclamou de uma inflamação no tendão do joelho direito, e atribuiu à lesão o fato de não estar rendendo bem nesta temporada.

De qualquer forma, Kaká já se descartou da partida da próxima quarta contra o Catania, pela rodada do Italiano.