Mistérios e contusões aumentam ansiedade para a final da Taça GB

Bruno Pontes, JB Online

RIO - A decisão do primeiro turno do campeonato carioca não está causando ansiedade apenas nos torcedores e jogadores de Flamengo e Botafogo.

Os técnicos dos times cariocas enfrentam às vésperas da grande final da Taça Guanabara incertezas quanto a desfalques que podem atrapalhar na escalação definitiva de cada time.

De um lado, Cuca se vê prejudicado por contusões de jogadores importantes como Lúcio Flávio, Ferrero, Diguinho, Zé Carlos e Fábio, que podem atuar no sacrifício.

Do outro, Joel Santana vê dúvidas no ataque do Flamengo.

Diego Tardelli, último reforço do time da Gávea, tem se destacado em praticamente todos os coletivos que disputa, mas não tem tido muita sorte dentro de campo, e possivelmente pode ser substituído por Marcinho, na dupla de ataque com Souza.

No meio, Toró que ainda sente dores musculares afirma que poderá jogar mesmo com dores, mostrando a mesma força de vontade de seus rivais alvinegros. Com a volta do jovem apoiado, Kléberson deve voltar para o banco de reservas.

Outra mudança feita nos treinos e que deverá ser mantida na hora da final é a saída de Jônatas, que não vinha agradando a Joel Santana, e será substituído pelo volante Cristian, que volta ao time como titular.

Para os torcedores que ainda esperam por um ingresso para o jogo que acontece as 16hs deste domingo, no Maracanã, ainda há cerca de 140 ingressos para a cadeira inferior ao custo de R$ 30 a inteira.

A expectativa é de que mais de 70 mil torcedores compareçam a final da Taça Guanabara.