Atlético-MG estréia com derrota no Mineiro

JB Online

RIO - No primeiro jogo oficial realizado no ano de seu centenário, o Atlético-MG decepcionou e foi derrotado por 1 a 0 pelo Democrata-SL, neste domingo, no Estádio Joaquim Henrique Nogueira, em Sete Lagoas, na estréia do clube no Campeonato Mineiro.

Em uma partida marcada pelo equilíbrio, o Democrata chegou ao gol apenas aos 34min do segundo tempo, quando Tuta desviou de cabeça a falta cobrada por Éverton, sem chances para o goleiro Édson.

Além da derrota, o Atlético-MG lamenta o grande número de contusões de seus jogadores no duelo. O goleiro Juninho, o lateral-direito Cláudio e o meia Gérson deixaram o campo com lesões.

Fora isso, o time levou o gol quando tinha um jogador a mais, já que Cidão foi expulso. Mais tarde, o Atlético-MG também perdeu um jogador.

Um dos reservas, o atacante Marques, que reestreou no Atlético-MG, quase marcou o primeiro gol da partida aos 31min do primeiro tempo, quando acertou a trave. Aos 41min do segundo tempo, Leandro Almeida também parou no travessão do goleiro do Democrata.

Com o resultado, o Democrata chegou aos três pontos no Campeonato Mineiro, mesma pontuação do Rio Branco, que derrotou o Ipatinga por 2 a 0 no outro jogo disputado na manhã deste domingo. Pepe e Biro Gomes marcaram os gols do time vencedor.

O Atlético-MG, com nenhum ponto conquistado, buscará a recuperação na próxima sábado, quando enfrentará o Democrata de Governador Valadares no Estádio do Mineirão. Já Ipatinga e Democrata de Sete Lagoas se enfrentam na quarta-feira, em Ipatinga.

Debaixo de chuva e jogando em um campo pesado, as equipes tiveram difuculdades na primeira etapa, que foi marcada por muitas faltas. Só no primeiro tempo foram seis cartões, sendo três para cada lado.As oportunidades foram poucas na primeira etapa, mas a melhor chance de gol foi do time alvinegro. Aos 31min, o zagueiro Luís Henrique cortou mal o cruzamento e Marques acertou a trave de Edmar.

No segundo tempo, o Atlético-MG voltou determinado a vencer o jogo, e partiu para cima com Marques criando as melhores jogadas. A velocidade do ataque alvinegro confundiu o meio-de-campo da equipe da casa, que só conseguia parar os avanços de Danilinho e cia nas faltas.

Aos 17min, o volante Cidão, depois de duas faltas seguidas, foi expulso ao parar Éder Luís no carrinho. Com um jogador a mais, o técnico Geninho teve mais um desfalque, o goleiro Juninho, que deixou o campo com dores nas costas. Sem poder mais mexer na equipe, que cansou, o Democrata soube explorar a única chance clara de gol que teve.

Aos 34min, após boa cobrança de falta de Everton, o zagueiro Tuta escorou de cabeça para o fundo das redes e marcou o único gol do jogo.

Depois do gol, o time da capital partiu para o sufoco, mas o Democrata conseguiu conter o ímpeto dos atleticanos.