Wright pede permanência de Rafael Benítez no comando do Liverpool

Agência EFE

LONDRES - O ex-jogador inglês Ian Wright, comentarista esportivo da 'BBC', pediu a permanência do espanhol Rafael Benítez como técnico do Liverpool.

Em artigo publicado no jornal 'The Sun', Wright saiu em defesa de Benítez e do inglês Sam Allardyce, do Newcastle. Ambos estão na corda bamba devido à má seqüência de resultados dos clubes que comandam.

Wright, um dos melhores atacantes ingleses da década de 90, pede publicamente a continuidade de ambos à frente de suas equipes.

- Como vimos nesta temporada, os times se deixam levar pelo pânico muito rápido. É de morrer de rir - afirma Wright.

O ex-jogador assume que o futebol é um jogo 'impiedoso', mas pede aos dirigentes dos clubes que exerçam 'responsabilidade' na hora de tomar suas decisões.

- Pressionar os treinadores afeta as equipes, enquanto uma demissão geralmente não faz diferença - disse Wright em seu artigo.

Ao falar sobre Benítez, o ex-jogador reconhece que foi um dos primeiros a criticar algumas atuações do Liverpool.

- Eu achei que eles iriam vencer o Campeonato Inglês - comentou.

No entanto, ele não acha que o empate com o modesto Luton, pela Copa da Inglaterra, e a série de maus resultados do Campeonato Inglês não são suficientes para determinar o fim do ciclo do espanhol à frente do Liverpool.

- Parece que Benítez está mais interessado na Liga dos Campeões, mas isso não o torna um mau treinador. Ele ainda é o homem adequado para o trabalho em Anfield - afirmou.