Futebol europeu tem suspeitas de manipulação em 26 jogos, diz revista

Agência EFE

BERLIM - Os resultados de 26 partidas do futebol europeu, entre elas jogos das fases de classificação da Liga dos Campeões, Copa da Uefa e Eurocopa, estão sob suspeita de terem sido manipulados por máfias de apostadores, afirma a revista semanal alemã 'Der Spiegel'.

De acordo com a publicação, existe uma lista confidencial de jogos suspeitos, dos quais 12 seriam correspondentes às fases de classificação da Copa da Uefa; três, à Liga dos Campeões; e um, à Eurocopa.

Quinze desses confrontos teriam sido disputados nesta temporada, e os demais em 2005 e 2006. A maioria das partidas foi disputada no Leste e no Sul da Europa, em países como Bulgária, Geórgia, Sérvia, Croácia e as repúblicas bálticas.

A 'Spiegel' afirma que a Uefa levou o caso à Europol, por considerar que a integridade das competições está em risco, e porque admite que as possibilidades de punição são limitadas.

No começo de novembro, cinco representantes da Uefa viajaram à sede da Europol, na Holanda, e entregaram um dossiê de 96 páginas com o material reunido.

O centro da máfia está na Ásia, onde não há limite sobre os valores das apostas e as chances de fraude são ilimitadas, segundo a publicação.

A 'Spiegel' lembra que os escândalos de manipulação de resultados sacodem o futebol europeu há anos, e que desde 2000 foram descobertos 20 casos, desde os revelados nos clubes italianos até os protagonizados por árbitros alemães e máfias croatas.