Maracanã se prepara para ser a sede da final da Copa 2014

Agência JB

RIO - Independente do Brasil ser aprovado como sede da Copa do Mundo de 2014 - anúncio que deverá ser confirmado nesta terça-feira, na sede da Fifa, na Suíça - o Estádio do Maracanã continuará recebendo obras de modernização e melhorias. Quem afirma é o secretário de Turismo, Esporte e Lazer, Eduardo Paes, que ressalta que as melhorias no estádio já vinham sendo feitas antes mesmo de assumir a pasta.

Em dezembro, Paes ligou para o presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ricardo Teixeira, convidando a seleção brasileira a disputar no Maracanã - depois de sete anos de afastamento do maior e mais tradicional palco do futebol algumas partidas das eliminatórias da Copa da África do Sul.

- Antes, a idéia era demolir o estádio, algo considerado uma tragédia. Hoje, voltamos a ter um grande palco para os jogos, com a volta das famílias e clima de paz explicou o secretário, lembrando que o trabalho realizado neste primeiro ano de gestão pode ser bem avaliado pelos clubes e torcidas e garante ao Maracanã plenas condições para abrigar não somente dois ou três jogos das eliminatórias de 2010, mas principalmente a final da Copa de 2014.

- Os buracos do queijo suíço foram fechados. Tivemos grande melhora no aspecto físico, crescendo na organização, segurança, banheiros, limpeza. O estádio está mais moderno e confortável, resultado de uma administração organizada. Não foi à toa que, até o momento, recebemos 85 jogos neste ano e temos os recordes de público com o Flamengo explicou ele.

O secretário disse que, em novembro, será divulgado um balanço de oito meses feito por uma empresa de consultoria. Com esses dados, a Secretaria de Esporte terá um diagnóstico mais preciso de quais as principais mudanças a serem realizadas no Maracanã.

Apesar do investimento realizado em obras e serviços, Paes lembra que outras serão necessárias para a Copa do Mundo. Ele não adiantou quais são, mas disse que não existe previsão de fechamento do estádio.

- Depois do Brasileiro teremos o show do The Police, em dezembro, e o estádio ficará fechado um mês, com manutenção, até o início do Campeonato Estadual disse;

Eduardo Paes aponta o atual sistema de venda de ingressos, que é de responsabilidade dos clubes, como o maior problema do Estádio do Maracanã.