Após ficar fora do Pan do Rio, Mariana Brochado sonha com Pequim

Nilo Junior, Agência JB

RIO - Com apenas 22 anos sendo 18 dedicados à natação - a carioca Mariana Brochado já se prepara para disputar a sua segunda Olimpíada. Depois de ficar fora dos Jogos Pan-Americanos do Rio, a nadadora está treinando forte para conseguir o índice para Pequim. A tarefa não é nada fácil, mas ela está confiante. Prova disso é que pretende diminuir a carga horária da faculdade de Direito no próximo semestre. Mariana, apesar da idade, já pensa em se aposentar quando se formar, pois quer se dedicar à carreira. Eleita musa dos Jogos de Atenas, em 2004, ela sabe que a exploração de sua beleza traz benefícios, como patrocínios, exposição na mídia, mas o que ela gosta mesmo é de ser reconhecida como uma boa atleta.

- Quando cheguei do Pan de Santo Domingo só se referiam a mim sobre beleza, musa, ninguém falava das duas medalhas que ganhei reclama a nadadora, que recebeu até convite para posar nua. Quer saber se ela pretende aceitar? Confira na entrevista que ela concedeu com exclusividade ao JB Online.

JB Online Como foi ficar fora do Pan do Rio e ser obrigada a respirar o evento , já que você mora no Rio.

Mariana Logo que fique fora do Pan recebi um convite do Sportv (canal de TV à cabo) para comentar as provas de natação. No início fiquei na dúvida, se queria viver aquilo daquela forma, pois estava chateada, mas depois aceitei e foi ótimo, uma experiência nova, que me incentivou mais ainda para continuar treinando. Por outro lado foi difícil viver tudo tão de perto sem ser da forma como eu queria. Hoje sei que não quero ficar na TV falando dos outros e sim que os outros falem de mim.

JB Online Foi a maior decepção da sua carreira?

Mariana Sem dúvidas. Foi minha primeira grande derrota em anos de natação. O pior de tudo foi por ter sido no Rio, na minha cidade. Tinha um gostinho todo especial. Mas acima de tudo foi um grande aprendizado. Já revi muita coisa que podia ter feito diferente e isso me deu muita força pra focar em Pequim, o meu próximo objetivo.

JB Online E como está sendo a preparação para Pequim? Depois da frustração no Pan, dá medo não conseguir o índice e ficar fora dos Jogos Olímpicos?

Mariana Medo, acho que não. Olimpíada é uma coisa muito maior, uma outra esfera. Vai ser uma tarefa difícil, mas vida de atleta é assim mesmo. Não será nada fácil, mas se ficar fora vou ter a consciência que fiz o melhor. Mas não to pensando nisso. Estou confiante, treinando muito para conseguir o índice. Ano que vem vou até reduzir a carga horária na faculdade para me dedicar mais aos treinos.

JB Online - Como você avalia a sua participação em Atenas, em 2004?

Mariana Foi minha primeira Olimpíada, eu era muito nova, tinha 19 anos na época. Senti a pressão e não consegui render o que eu e as outras pessoas esperávamos na prova dos 200m livre. Em compensação, no revezamento 4x100m livre fiz o tempo mais rápido das quatro meninas e ajudei a quebrar na época o recorde sul-americano e classificar o Brasil para a primeira final feminina da história da Natação. Junto com a Joanna Maranhão, Monique Ferreira, Mariana Brochado e Paula Baracho conseguimos o sétimo lugar.

JB Online Você e a Rebeca Gusmão são muito amigas. Você acompanhou essa história recente, veiculada em algumas mídias, de que ela teria se dopado? Conversou com ela sobre isso?

Mariana Assim como ela, também fiquei muito chateada. A Rebeca se destaca desde nova. Ela treina muito e não precisa tomar nada para melhorar o seu rendimento. Além disso, mereceu ter sido a primeira mulher a conquistar uma medalha de ouro em Pan-Americanos. Ela malha muito e sempre teve o dobro do meu tamanho. As provas que compete (50m e 100m livre) precisam de muita explosão muscular. Ela ficou muito triste com essa história, mas está tranqüila e acima de tudo com a consciência limpa. Nós do meio sabemos que não existe nada disso, mas as pessoas falam sem saber, gostam de especular.

JB Online Como você consegue conciliar a vida social, faculdade, namorado, com a rotina de treinos?

Mariana Já acostumei com isso. É complicado, mas dou conta. Meu dia começa às 6h30 da manhã e só acaba às 23h30. Chego ao final do dia acabada, e acabo dormindo pouco.

JB Online E o namorado?

Mariana Terminei. Estou solteira.

JB Online Então o assédio deve ter aumentado bastante, né?

Mariana Não é assim não, os homens têm medo de mim (ri). Eles até olham e tudo, mas dificilmente dizem alguma coisa.

JB Online Você recusou um convite para posar nua após o Pan de Santo Domingo. Você aceitaria isso no futuro? Faz parte dos seus planos?

Mariana Quando cheguei do Pan de Santo Domingo só se referiam a mim sobre beleza, musa, ninguém falava das duas medalhas que ganhei. Isso me chateia um pouco. Recusei o convite porque acho que não tem nada a ver comigo. Não faria. Meu principal plano para o futuro é seguir a carreira de Direito. Isso deve acontecer daqui a uns dois anos. Minha idéia é me aposentar na natação para seguir a nova carreira.