Uefa abre ação disciplinar contra Dida

REUTERS

RIO - A Uefa abriu uma ação disciplinar contra o Milan e o goleiro Dida depois da polêmica substituição do jogador durante a derrota do time para o Celtic, na semana passada, pela Copa dos Campeões.

Dida foi retirado de maca perto do final da partida, após um torcedor do Celtic invadir o campo e aparentemente encostar no goleiro.

Em um comunicado divulgado em seu site, a federação afirmou que o caso vai ser discutido por seu órgão disciplinar na quinta-feira.

A Uefa informou que a ação foi investigada por um parágrafo de suas regras disciplinares que afirma que jogadores, autoridades e membros devem se portar de acordo com os princípios de lealdade, integridade e espírito esportivo.

O Celtic também está enfrentando uma ação disciplinar por não conseguir evitar que um torcedor invadisse o campo depois do gol da vitória.