Tufão Krosa ameaça realização de competições esportivas na China

Portal Terra

XANGAI - Sob ameaça do tufão Krosa, que avança pelo território chinês e ameaça chegar a Xangai nesta segunda-feira, a delegação brasileira e as de outros 163 países que participam dos Jogos Olímpicos Especiais se preparam para disputar suas competições em ginásios fechados, ou até mesmo terem competições adiadas.

Fortes chuvas caíram sobre Xangai desde o inicio da noite deste domingo. Com isso, o chefe da delegação brasileira, Vagner Bergamo, teme que algumas competições não se realizem nesta segunda-feira.

- Amanhã começamos nossa participação no atletismo, mas, se estas chuvas fortes prosseguirem, será difícil que a organização permita a realização do inicio das competições - declarou Bergamo.

Em mais um dia de bons resultados para o Brasil, que ainda não sabe o que é passar um dia sem ganhar medalhas nestes Jogos, a patinação continuou surpreendendo adversários e conquistou mais três lugares no pódio e o quarto ouro brasileiro.

Neste domingo foram os 300m. No feminino, Jéssica Ananias conseguiu sua segunda medalha de ouro e Michele Narciso conquistou a prata. No masculino, Roger Clark, que também já tinha alcançado uma medalha ontem, foi bronze e Felipe Godoy acabou em quarto.

No Futebol de 7, depois de empate na primeira partida, o Brasil perdeu neste domingo, mas a equipe segue na luta pela medalha de ouro. No Futebol de 5, depois da vitória no primeiro jogo, derrota para a Costa Rica por 2 a 0, neste domingo.

Mas as chances do ouro ainda prosseguem. O tênis brasileiro fez bonito neste domingo, mas não na disputa por medalhas. A equipe brasileira fez um jogo exibição para a criadora da Olimpíada Especial, a norte-americana Eunice Kennedy Shriver, irmã do ex-presidente John Kennedy.