River Plate vence clássico diante do Boca Juniors

Portal Terra

BUENOS AIRES - Em sua melhor atuação neste ano, o River Plate venceu o Boca Juniors por 2 a 0, no Monumental de Nuñez, neste domingo, pelo Torneio Apertura do Campeonato Argentino. Pressionando o rival desde o início, a equipe comandada por Daniel Passarella não deu nenhuma chance para o atual campeão da Libertadores.

O primeiro grande lance de perigo do River aconteceu aos 23 minutos, após cobrança de escanteio de Belluschi, quando Sánchez cabeceou no travessão. O rebote ficou com o time da casa, que trabalhou a bola. No minuto seguinte, Belluschi recebeu lançamento na área e tocou de primeira para Falcao, que bateu o goleiro Caranta.

Mesmo com o gol, o River continuou pressionando e seis minutos depois, o zagueiro do Boca Paletta fez pênalti em Buonanotte. Na primeira cobrança de Ortega, Caranta defendeu, mas o árbitro Hector Baldassi anulou o lance, pois o goleiro se adiantou antes do chute. Na segunda oportunidade, Ortega colocou no mesmo canto, mas Caranta não defendeu.

A situação do Boca Juniors ficou mais complicada ainda aos 45min do primeiro tempo. O volante Banega derrubou Ferrari e levou seu segundo cartão amarelo, deixando o time visitante com um jogador a menos para a etapa final.

No segundo tempo, o Boca tentava chegar ao gol, mas o River, bastante recuado, defendia-se bem e buscava os contra-ataques. Aos 9 minutos, o zagueiro Tuzzio cortou com a mão o passe de Palacio para Palermo. Morel Rodríguez cobrou a falta, mas Carrizo defendeu sem problemas. Aos 18 minutos, o zagueiro Paletta arriscou de longe, sem perigo para o River.

A primeira boa chance do River na etapa final veio aos 21 minutos, quando Falcao ficou de frente para o goleiro Caranta, que levou a melhor e jogou para escanteio. No restante da partida, os donos da casa obedeceram às ordens de seu técnico e seguraram a bola, sem dar chance para os ataques do River.

Com a vitória, Daniel Passarella segue sem perder para o maior rival desde que assumiu o River Plate, em 2006. São quatro partidas, com duas vitórias e dois empates.