Robinho: 'Não pensei em pedir dispensa'

Portal Terra

RIO - Apesar de toda a polêmica envolvendo a sua liberação pelo Real Madrid para a Seleção Brasileira, o atacante Robinho admitiu nesta terça-feira que, em nenhum momento, pensou em pedir dispensa ao técnico Dunga e ficar de fora da Copa América, na Venezuela.

Robinho se apresentou à Seleção na noite desta segunda-feira, um dia depois de ser campeão espanhol pelo Real.

- Em nenhum momento eu pensei em pedir dispensa. Se pensasse nisso, pediria a dispensa antes, assim como o Ronaldinho e o Kaká fizeram - disse o atacante.

- Sempre tive a cabeça na Seleção, mas também queria jogar o último jogo no Real Madrid - complementou o jogador, que ainda refutou, mais uma vez, a idéia de que seria a principal estrela brasileira na disputa da Copa América.

- A cobrança é grande, mas a vontade de ser campeão também é. A cobrança aqui é em cima de todos - despistou Robinho.

Convocado para a disputa da Copa América, Robinho só se apresentou à Seleção Brasileira nesta segunda porque o Real Madrid não o liberou antes.

No domingo, o atacante jogaria a última rodada do Campeonato Espanhol com grandes chances de conquistar o título nacional - o que acabou acontecendo, depois de o clube madrileno vencer o Mallorca, de virada, por 3 a 1.