Renato diz que está igual a uma criança pela conquista do título

Portal Terra

RIO - Renato Gaúcho reagiu a seu primeiro título como treinador, nas suas próprias palavras, como uma criança. Emocionado, trancou-se no vestiário antes de falar qualquer coisa e, quando o fez, disse não estar em suas perfeitas condições.

- Estou que nem uma criança, é difícil dizer o que esse título representa. A ficha ainda não caiu, estou um pouco tonto. Amanhã, quando a ficha cair, talvez eu saiba o que representa tudo isso - declarou o treinador.

Apesar da declarada falta de consciência, Renato Gaúcho demonstrou tranqüilidade ao avisar que o título abre caminho para muitos em sua carreira de treinador.

- O que eu posso dizer, com toda a humildade, é que foi o primeiro de muitos que virão.

Deixando de lado a vitória individual, o técnico fez questão de rasgar elogios ao grupo do Fluminense, que assumiu há menos de dois meses. A situação não era das melhores no momento de sua contratação.

- Fico muito feliz por estar nesta situação com um grupo que era desacreditado. Você entra na história do clube conquistando títulos, e eles deram a volta por cima. A história ninguém apaga - vibrou.

Por fim, Renato Gaúcho admitiu ter usado declarações de adversários na preleção da final. "Nós respeitamos os jogadores do Figueirense. Não posso culpá-los, mas muitos acharam que já estavam com pose de campeão, e isso foi colocado no vestiário. Nosso time entrou mordido."