LeBron brilha e Cavs ficam em vantagem

Agência EFE

CLEVELAND - O ala LeBron James marcou 48 pontos e liderou o Cleveland Cavaliers na vitória por 109 a 107 sobre o Detroit Pistons, na último quinta-feira, fora de casa, no quinto jogo da final da Conferência Leste, decidido na segunda prorrogação.

A vitória deixou os Cavaliers com a vantagem de 3 a 2 na série melhor de sete. O sexto jogo será no sábado, no Quicken Loans Arena, em Cleveland.

Se chegar às finais da NBA pela primeira vez na sua história, os Cavaliers terão que enfrentar a partir de quinta-feira o San Antonio Spurs, campeão da Conferência Oeste.

James, em sua melhor atuação na fase final, anotou a cesta da vitória a apenas dois segundos do fim da segunda prorrogação, evitando um novo empate. O tempo regulamentar terminou com o placar de 91 a 91, e a primeira prorrogação, com 100 a 100.

O ala foi um autêntico pesadelo para a defesa dos Pistons. Foi ele quem anotou os pontos decisivos nos segundos finais do tempo regulamentar e das duas prorrogações. O astro do Cavaliers também pegou nove rebotes, deu sete assistências e roubou duas bolas.

A 9,5 segundos do fim do tempo regulamentar, ele fez a cesta que forçou a primeira prorrogação. O armador Chauncey Billups errou um arremesso que poderia ter dado a vitória aos Pistons.

Na primeira prorrogação, James fez os nove pontos de sua equipe. Sua cesta a 7,9 segundos do fim poderia ter garantido a vitória por 100 a 98. Mas Billups, com dois lances livres, empatou o placar novamente.

Na segunda prorrogação, James venceu finalmente o duelo com Billups e os Pistons. - Era a vitória de que precisávamos para ficar mais perto da grande final - declarou LeBron.

- Não devemos esquecer que, no ano passado, tivemos a mesma experiência nas semifinais da Conferência Leste. Perdemos os dois primeiros jogos, ganhamos os três seguintes e depois fomos eliminados - lembrou.

O pivô lituano Zydrunas Ilgauskas somou 16 pontos e oito rebotes para os Cavaliers. O time acertou 45,1% dos arremessos de quadra.

O ala brasileiro Anderson Varejão jogou 33 minutos e acertou 3 de 6 arremessos de quadra e 3 de 4 lances livres. Ele pegou três rebotes, roubou duas bolas e deu dois tocos.

Os Pistons voltaram a mostrar inconsistência no ataque. O ala-armador Richard Hamilton marcou 26 pontos; o armador Chauncey Billups, 21; e o pivô Chris Webber, 20. Mas os alas Rasheed Wallace e Tayshaun Prince erraram 9 de 13 arremessos de quadra.

Outro problema para os Pistons foi a expulsão do ala Antonio McDyess, seu melhor reserva. Ele cometeu uma falta intencional sobre Varejão antes do fim do primeiro quarto.

McDyess jogou o brasileiro no chão, colocando o braço no seu pescoço quando ele tentava uma penetração. James foi defender seu companheiro, mas não chegou a haver um grande problema entre as equipes.