Fisher lidera Utah em vitória na prorrogação sobre Warriors

REUTERS

NOVA YORK - Derek Fisher finalizou em alta um dia de fortes emoções na quarta-feira, quando sua filha passou por uma cirurgia para câncer, ao marcar cinco pontos na prorrogação para levar o Utah Jazz à vitória por 127 a 117 sobre o Golden State Warriors pelos playoffs da Conferência Oeste da NBA.

Carlos Boozer contribuiu com 30 pontos na vitória do Jazz, que abriu vantagem de 2 a 0 na série melhor-de-sete da semifinal da conferência.

Fisher chegou para a partida em Salt Lake City apenas no terceiro quarto, vindo de Nova York, onde sua filha de 10 meses, Tatum, passou por uma operação para retirada de um tumor entre os olhos e o cérebro.

- Foi inacreditável, disse Fisher a jornalistas.

- Minha filha está muito bem. Tivemos uma operação de sucesso nesta manhã e eu voei de volta. Saí do avião e vim para o jogo. Estou sem palavras.

O veterano armador converteu uma cesta decisiva de três pontos que pôs o Utah em vantagem de 123 a 117 com 1min06 para o final da prorrogação, e ainda acertou mais dois lances livres nos segundos finais.

- Os torcedores gostaram que ele estivesse aqui, disse Boozer depois do jogo.

- Nós também gostamos. Foi um grande apoio emocional para ele.

Vários jogadores do Warriors abraçaram Fisher depois do jogo.

O Utah perdia por 112 a 107 com 52 segundos para o final do tempo regulamentar. Mas o time da casa conseguiu levar para a prorrogação com um arremesso de Deron Williams que empatou a partida em 113 a 113.

Baron Davis liderou o Golden State com 36 pontos, enquanto Jason Richardson acrescentou 27 e Stephen Jackson fez 18.

O terceiro jogo da série será em Golden State, na sexta-feira.