Fla vence, mas está fora da Copa Libertadores

Agência JB

RIO - Dessa vez nem São Judas Tadeu ajudou. Precisando vencer o Defensor-URU por 4 gols de diferença para chegar às quartas-de-final da Copa Libertadores, o Flamengo ficou no 1 a 0 e acabou eliminado da competição. Renato fez dos golaços em chutes de longa distância.

Embalado por mais de 50 mil torcedores que compareceram ao Maracanã, o time começou o jogo buscando o ataque, mas dava espaço para o defensor nos contra-ataques. Conforme o tempo passava, o Fla dominava o jogo, mas criava pouco e a primeira boa chance só apareceu aos 23 minutos. Após um cruzamento da esquerda, Renato Augusto, livre na pequena área, chutou em cima da defesa.

Aos 32, foi a vez de Souza. O atacante recebeu, girou, mas foi travado por dois adversários na hora do chute. Três minutos depois, aos 35, não teve jeito. Renato bateu falta da intermediária e acertou uma bomba quase no ângulo de Martín Silva e abriu o placar.

Mal começou o segundo tempo, Renato renovou mais uma vez a esperança dos rubro-negros. O meia fez ótima jogada pela direita, driblou um zagueiro e soltou outra pancada, desta vez no ângulo, indefensável: 2 a 0 Flamengo.

A partir daí a equipe seguiu pressionando, mas sem criar chances concretas de gol. No final da partida, o goleiro Bruno fez pelo menos quatro defesas importantes e salvou o time. Apesar da eliminação, a torcida aplaudiu o time e deixou o estádio cantando o hino do clube.