CONCACAF quer Copa do Mundo de 2018 no México

REUTERS

CIDADE DO MÉXICO - O presidente da Confederação de Futebol das Américas do Norte e Central e do Caribe (Concacaf), Jack Warner, afirmou que tentará levar a Copa do Mundo de 2018 para o México.

O México foi sede dos Mundiais de futebol de 1970 e 1986, e a última vez que um país da região da Concacaf foi sede de uma Copa do Mundo foi em 1994, nos Estados Unidos.

- Muitas pessoas pensam que o Mundial de 2018 não deve ser disputado nesta confederação. A Concacaf lutará para que seja nesta zona e farei o possível para que o México seja a sede - disse Warner, de acordo com o site da Federação Mexicana de Futebol (FMF), na noite de quinta-feira.

A próxima Copa do Mundo, em 2010, será na África do Sul, e o Brasil é candidato único para a Copa de 2014. O Comitê Executivo da Fifa anunciará em novembro o nome da sede do Mundial.

- Se não conseguirmos, a Concacaf vai ficar 24 anos sem ter um Mundial, por isso quero repetir que vamos lutar até o final - acrescentou Warner, que na quarta-feira esteve no México pata assistir à final da Copa dos Campeões da Concacaf, que teve o Pachuca como vencedor.

Justino Compeán, presidente da FMF, afirmou que é necessário construir novos estádios para realizar o Mundial, já que nesse aspecto os Estados Unidos levam vantagem em relação aos mexicanos.

- O México é um anfitrião muito bom e considero que fazendo um grande esforço nós podemos competir pela sede - afirmou.