Vieri vai processar Inter de Milão por suspeita de espionagem

REUTERS

ROMA - Christian Vieri pretende processar o ex-clube Inter de Milão alegando que a equipe italiana teria contratado uma empresa particular de investigação para espionar sua vida pessoal, disse o advogado do atacante nesta sexta-feira.

Danilo Buongiorno disse que o jogador de 33 anos quer indenização de nove milhões de euros do clube italiano como compensação por 'prejuízos moral, existencial, patrimonial e de imagem'.

Vieri quer outros 12 milhões de euros da empresa Telecom Italia, acrescentou Buongiorno, alegando que funcionários da companhia de telecomunicação teriam passado informações sobre telefonemas do jogador para os investigadores.

Vieri defendeu a Inter entre 1999 e 2005, marcando 103 gols em 144 jogos. Ele atualmente está no Atalanta, que enfrenta a Inter no domingo.

O bom relacionamento do atacante com o antigo clube começou a ruir em setembro, quando a Federação Italiana de Futebol abriu uma investigação para averiguar se a Inter havia espionado Vieri e o ex-árbitro Massimo de Santis, que foi considerado culpado de tentar influenciar no resultado de partidas de jogos da Série A no ano passado.

A primeira audiência do caso está marcada para 2 de maio.