Maradona é transferido de clínica para mais exames

Agência ANSA

BUENOS AIRES - Diego Maradona foi removido na última quinta-feira da clínica, onde permanece internado desde quinta passada, para se submeter a exames complementares em uma outra clínica ao norte de Buenos Aires.

Segundo informações da imprensa local, o ex-jogador de futebol argentino foi levado durante à tarde em uma ambulância até a clínica na cidade de San Isidro, acompanhado de seu médico pessoal, Alfredo Cahe, para se submeter a uma série de exames complementares.

O próprio Cahe tinha antecipado no início do dia que Maradona, 46 anos, estava "tomando cada vez mais consciência da gravidade" de seu quadro de saúde e disse que na próxima semana receberá alta da Clínica de Los Arcos, em Buenos Aires, para se submeter a um tratamento psiquiátrico em um centro especializado.

O médico afirmou que o ex-jogador poderia ser internado na Clínica Avril de Buenos Aires "com profissionais de sua confiança" e manifestou que "seus exames clínicos indicam que a situação está se normalizando lentamente".