Messi deseja recuperação rápida a Maradona após marcar golaço

REUTERS

BARCELONA - O jogador argentino Lionel Messi disse esperar que o ex-capitão da seleção argentina Diego Maradona tenha uma recuperação rápida, um dia depois de ter marcado um gol pelo Barcelona que relembra o famoso gol de Maradona contra a Inglaterra no Mundial de 1986.

Aos 29 minutos da partida em que o Barcelona goleou o Getafe por 5 x 2, no jogo de ida das semifinais da Copa do Rei, Messi pegou a bola no setor direito ainda atrás do meio-campo, driblou meia equipe rival e marcou o segundo do seu time.

- Diego sempre me apoiou e espero que ele fique bom logo. A Argentina inteira quer ele de volta bem de novo, porque sentimos falta dele, disse Messi depois do jogo.

Maradona, que nas quartas-de-final da Copa do México driblou cinco rivais e marcou o gol que foi eleito o mais bonito da história das Copas do Mundo, está internado num hospital de Buenos Aires recuperando-se de uma hepatite alcóolica.

Messi recebeu passe de Xavi e desviou-se de dois rivais antes de cruzar a metade do campo. Depois, enganou outros dois numa arrancada e entrou na área adversária, antes de driblar o goleiro e sair correndo em direção à bandeira de escanteio para comemorar.

- Estou contente pela maneira como aconteceu, mas estou tranquilo. Talvez a jogada tenha sido parecida com o gol de Diego, mas tudo continua e temos que pensar nos outros, disse Messe depois da partida.

O gol dominou as capas dos jornais da Espanha nesta quinta-feira. Diagramas com o número de jogadores que ele passou e a distância percorrida pelo atacante faziam uma comparação com o lance de Maradona.

O jornal esportivo catalão Sport destacou 'Messi Superstar' em sua capa, enquanto o site do jornal Marca comparou 'Messidona'.

O treinador do Barcelona, Frank Rijkaard, descreveu a jogada como uma 'obra de arte.'

Em 1986, o gol de Maradona selou a vitória argentina por 2 x 1 sobre a Inglaterra e manteve a equipe à caminho da conquista do seu segundo título mundial.

O gol foi marcado minutos depois que Maradona abriu o placar com o polêmico gol com a 'mão de Deus.'