Jornal do Brasil

Esportes

Tocha das Olimpíadas de Tóquio 2020 é acesa em Olímpia na Grécia

Jornal do Brasil

Macaque in the trees
A Alta Sacerdotisa acende o fogo olímpico no Altar de Hera em Olímpia. (Foto: Reuters/Thanassis Stavrakis)

Nesta quinta-feira (12), a tocha das Olimpíadas de Tóquio 2020 foi acesa enquanto espectadores foram impedidos de participar da cerimônia. A Grécia implementou esta medida como precaução para evitar o contágio pelo coronavírus.

A Grécia registrou a primeira morte pelo vírus que tem se expandido fortemente pelo continente europeu. Por este motivo, a cerimônia da tocha não foi aberta a espectadores.

A cerimônia se tornou a primeira desde 1984 a não contar com espectadores, somente algumas dezenas de autoridades foram convidadas a participar do acendimento da tocha.

Em 19 de março, a chama será entregue ao comitê organizador de Tóquio 2020 em um estádio em Atenas, depois percorrerá o território grego por oito dias.

O Comitê Olímpico Internacional (COI) reforçou que está determinado a organizar as Olimpíadas de Tóquio, programadas para ocorrerem entre 24 de julho e 9 de agosto. A instituição anunciou em fevereiro a criação de uma equipe especial para monitorar a epidemia mortal do coronavírus.

"Dezenove semanas antes da cerimônia de abertura dos jogos, estamos sendo reforçados em nosso comprometimento por muitas [...] organizações em todo mundo, que tomam medidas significativas para conter o alastramento do coronavírus", afirmou o presidente do COI, Thomas Bach.

O número total de casos de coronavírus na Grécia atualmente figura em 99. A confirmação de um falecimento se refere ao único paciente que estava gravemente doente. Ele foi colocado na unidade de cuidados intensivos de um hospital, porém faleceu hoje, segundo mídia local. (Sputnik Brasil)