Cano marca de letra, e Vasco estreia na Sul-Americana com vantagem

O Vasco saiu na frente na luta por uma vaga na segunda fase da Copa Sul-Americana. Nesta quarta-feira (5), em São Januário, o time do técnico Abel Braga venceu o Oriente Petrolero, da Bolívia, por 1 a 0.

O gol dos vascaínos saiu ainda na etapa inicial. Aos 19 minutos, Germán Cano, em posição de impedimento, finalizou de letra para marcar.

O time de Abel Braga teve uma atuação segura na etapa inicial, pressionando a saída de bola do adversário e mostrando bom volume no ataque. No entanto, apresentou algumas falhas defensivas na parte final —ao deixar mais espaços, viu a equipe boliviana oferecer perigo, o que assustou torcedores.

Restando pouco para o apito final, Olguín tentou atrapalhar uma cobrança de lateral para o Vasco, o que gerou discussão. Os jogadores dos dois times se entranharam, com direito a empurrões. Pouco depois, a partida chegou ao fim.

O jogo de volta entre as equipes acontecerá no dia 19 deste mês, no Ramón Tahuichi, estádio localizado em Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia. Com vantagem do empate, a equipe da Colina avançará até com derrota por um gol de diferença, desde que também balance as redes fora de casa. (FolhaPressSNG)

VASCO

Fernando Miguel, Yago Pikachu, Werley, Leandro Castan e Henrique; Raul, Andrey e Marcos Júnior (Juninho); Marrony, Germán Cano e Talles Magno. T.: Abel Braga

ORIENTE PETROLERO

Banegas; Saucedo, Olguín, Franco, Mercado (Navarro), Palmieri e Rojas; Pozo, Salvatierra (Gutiérrez), Salinas (Héctor Sánchez) e Bueno. T.: Pablo Sánchez

Estádio: São Januário, no Rio de Janeiro

Público e renda: 17.706 (pagantes); R$ 721.091,00

Árbitro: Augusto Aragón (EQU)

Auxiliares: Dennys Guerrero e Juan Aguiar Ramos (EQU)

Cartões amarelos: Andrey e Talles Magno (VAS); Olguín e Franco (ORI)

Gol: Cano (VAS), aos 19min do 1º tempo