Jornal do Brasil

Esportes

Em parceria com Red Bull, Bragantino sobe à Série A do Brasileiro

Jornal do Brasil

O Campeonato Brasileiro de 2020 terá o Red Bull Bragantino entre seus participantes. A partir do ano que vem, será esse o nome usado pelo tradicional Bragantino, que venceu o Guarani por 3 a 1 na noite de terça-feira (5), em Bragança Paulista, e assegurou matematicamente o acesso à primeira divisão, de onde estava longe desde o rebaixamento em 1998.

Líder da Série B com oito pontos de vantagem sobre o segundo colocado, o time dirigido pelo ex-zagueiro Antônio Carlos já está fora do alcance do quinto. Com a certeza de que finalizará a competição ao menos na quarta posição, pôde comemorar sua presença na próxima edição da Série A.

No jogo que assegurou o acesso, o Bragantino abriu o placar em um lance que gerou muitas queixas do Guarani. Aos 18 minutos do segundo tempo, Ricardo Ryller marcou de cabeça, em clara posição de impedimento. Pio, aos 31, e Pedro Naressi, aos 43, ampliaram a diferença e permitiram a festa no estádio Nabi Abi Chedid, que não foi freada pelo gol de Bady nos acréscimos.

Para alcançar seu lugar na elite, o clube de Bragança recebeu investimentos da Red Bull após um acordo de R$ 50 milhões. O nome ainda passará a ser Red Bull Bragantino, mas o controle já é, na prática, da multinacional de energéticos. As referências ao campeão paulista de 1990 são o escudo na camisa e o nome no estádio, lembrança do ex-presidente.

Se houve reclamações na partida da festa, a campanha rumo à primeira divisão foi bastante sólida. Nas 33 rodadas realizadas até aqui, a equipe registrou 19 vitórias, 8 empates e 6 derrotas, com quase 66% de aproveitamento. O objetivo, nos cinco jogos derradeiros, será proteger a boa vantagem na liderança e conquistar o título da Série B.

(FolhaPress)