Escalação é mistério, e Corinthians tem rachão a dois dias do clássico

A dois dias do clássico contra o Santos pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Corinthians adota mistério na escalação. Nesta quinta-feira (24), aconteceu o último treino com portões abertos no CT Joaquim Grava antes do jogo e o técnico Fábio Carille não esboçou a formação titular para a partida de sábado, às 17h, na Arena Corinthians.

O dia teve treinamentos de transição ofensiva e finalização, depois fundamentos defensivos, como rebatida e cabeceio, e por fim um rachão descontraído. De todo o elenco disponível, só Léo Santos e Everaldo, lesionados, não participaram dos trabalhos. Eles não jogam no sábado, assim como os suspensos Fagner e Bruno Méndez. Carille é outro que cumpre suspensão, e o time será dirigido pelo auxiliar Leandro da Silva, conhecido como Cuca.

Carille, aliás, permaneceu sentado na maior parte do treino desta quinta. Ele passou por um procedimento médico no joelho esquerdo na segunda-feira e tem tomado cuidados nos últimos dias.

Em campo, o Corinthians contou com Manoel e Danilo Avelar, que vinham acusando desgaste físico nos últimos dias.

A escalação para enfrentar o Santos deve ser a seguinte: Cássio; Michel, Manoel, Gil e Danilo Avelar; Ralf; Pedrinho, Júnior Urso (Sornoza), Mateus Vital e Janderson; Gustavo. Vagner Love também é forte candidato a entrar na equipe.

O Corinthians faz um treino nesta sexta pela manhã, fechado para a imprensa, e depois se concentra para o jogo de sábado, às 17h. (FolhaPress SNG)