Jornal do Brasil

Esportes

Atlético-MG leva gol no início, perde pênalti, mas vira sobre o La Equidad

FolhaPress

BELO HORIZONTE, MG (UOL/FOLHAPRESS) - De forma sofrida, o Atlético-MG venceu o La Equidad (COL) por 2 a 1, de virada, na partida de ida das quartas de final da Copa Sul-Americana, nesta terça-feira (20).

A equipe mineira saiu atrás no placar com apenas seis minutos de jogo. Aos 3, na tentativa de afastar a bola da área atleticana, Elias acertou a barriga de Stalin Motta e cometeu pênalti, convertido em gol por Camacho.

Depois do baque inicial, o Atlético passou a dominar o jogo. Com mais posse de bola, acertou a trave adversária em três oportunidades, com Ricardo Oliveira, Réver e Juan Cazares. O empate, no entanto, veio com Jair, que aproveitou sobra na área adversária aos 27.

No início do segundo tempo, o time colombiano ficou em desvantagem numérica ao ter González expulso, por levar o segundo cartão amarelo ao fazer falta em Réver. Poucos depois, o Atlético teve a oportunidade de empatar em pênalti sofrido por Jair.

Juan Cazares, contudo, parou em Diego Novoa na cobrança. O goleiro ainda deu rebote para Otero marcar, mas a arbitragem assinalou invasão do atleticano após revisão do VAR e anulou o tento.

Já aos 34, foi a vez de Elias se redimir. O volante arriscou chute de longe e contou com falha de Novoa, que se posicionou mal no gol.

Com o resultado, o Atlético precisa apenas de um empate fora de casa para garantir a classificação para a semifinal do torneio. Como há o critério do gol qualificado fora de casa, os mineiros também garantem a vaga com uma derrota, desde que marquem dois ou mais gols.

 

ATLÉTICO-MG

Cleiton; Patric, Réver, Igor Rabello e Fábio Santos (Rómulo Otero); Jair (Alerrandro), Elias, Juan Cazares e Vinícius; Yimmi Chará (Luan) e Ricardo Oliveira. T.: Rodrigo Santana

 

LA EQUIDAD

Diego Novoa; Walmer Pacheco, Danilo Arboleda, Jeider Riquett e Amaury Torralvo; Pablo Lima, Juan Mahecha e Stalin Motta; David Camacho (John García), Cristian Palomeque (Matias Mier) (Carlos Peralta) e Ethan González. T.: Humberto Sierra

 

Estádio: Independência, em Belo Horizonte

Juiz: Mario Diaz de Vivar (PAR)

Assistentes: Milciades Saldivar e Roberto Cañete (PAR)

VAR: Daniel Fedorczuk (URU)

Cartão amarelo: Jair, Fábio Santos e Vinícius (CAM); Ethan González e David Camacho (EQU)

Cartão vermelho: Ethan González (EQU)

Gols: David Camacho (EQU), aos 6min, e Jair (CAM), aos 26min do 1º tempo; Elias (CAM), aos 34min do 2º tempo