Jornal do Brasil

Esportes

Ninho do Urubu recebe habite-se parcial da prefeitura do Rio

Habite-se total só será concedido após a finalização de toda a obra

Jornal do Brasil

O prefeito Marcelo Crivella, entregou nesta terça-feira (20), ao presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, o habite-se parcial do Centro de Treinamento (CT) do clube, o Ninho do Urubu, na Vargem Grande, zona oeste do Rio. A cerimônia ocorreu no Palácio da Cidade, em Botafogo, e contou com a presença de ex-atletas do clube como Nunes, Adílio e Júlio César Uri Geller.

No dia 8 de fevereiro deste ano, um incêndio no alojamento das categorias de base no Ninho do Urubu matou 10 atletas e deixou outros três feridos.

Macaque in the trees
Ninho do Urubu (Foto: Ricardo Moraes/Reuters)

Crivella disse que “é muito importante se cumprir tudo o que está previsto na legislação. E isso foi cumprido, e o Flamengo teve hoje então o seu documento de habite-se dado pela prefeitura. Temos certeza de que, daqui para a frente, é só esportes, é só craques que virão dali, momentos felizes, estádios lotados, e o Rio de Janeiro se engrandece, se enobrece e se dignifica”, avaliou.

O habite-se parcial concede a habitabilidade exclusivamente aos blocos (acomodações) já prontos. O habite-se total será concedido após a finalização de toda a obra no CT, quando uma nova vistoria será realizada por técnicos da secretaria, e após todos os documentos necessários serem entregues.

O presidente do Clube de Regatas do Flamengo, Rodolfo Landim disse que “essa é uma batalha de 18 anos, que já atravessou várias administrações do clube. Eu queria ressaltar o empenho da equipe do prefeito que tem trabalhado ao nosso lado buscando nos orientar, mostrando as soluções e caminhos. Esse habite-se é um prêmio por todo o trabalho e também um reconhecimento pela excelência das instalações que temos hoje no Ninho do Urubu”, afirmou.

O Flamengo entrou com pedido de habite-se parcial para o Ninho do Urubu no dia 29 de março. No dia 19 de agosto, técnicos da Coordenadoria de Licenciamento e Fiscalização Urbanística da Barra da Tijuca realizaram uma vistoria no local e verificaram que o clube estava executando as obras de acordo com o projeto aprovado. A coordenadoria informou também que há documentos necessários que ainda estão sendo reunidos pelo clube para anexar ao processo.