Atlético-MG vence, mas Cruzeiro vai à semi em clássico com VAR e confusão

2 a 0 no estádio Independência

Reprodução
Credit...Reprodução

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O Cruzeiro está na quarta semifinal da consecutiva da Copa do Brasil. A equipe perdeu para o arquirrival Atlético-MG por 2 a 0 na noite desta quarta (17), no estádio Independência, mas assegurou a classificação por conta do resultado obtido na partida de ida - 3 a 0. Juan Cazares e Patric fizeram os gols do confronto.

No primeiro jogo, no Mineirão, o Cruzeiro venceu o arquirrival com gols de Pedro Rocha, Thiago Neves e Robinho, assegurando a vantagem que seria fundamental para a classificação sobre o rival.

Agora, os comandados de Mano Menezes enfrentarão o vencedor do confronto entre Palmeiras e Internacional. Na ida, os paulistas venceram por 1 a 0. O jogo da volta acontece no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, ainda na noite desta quarta.

O MELHOR: JAIR VAI BEM, MAS É SACRIFICADO POR NECESSIDADE DE VITÓRIA

Jair foi um dos nomes do jogo de volta das quartas de final da Copa do Brasil. O volante, escolhido para a vaga de José Welison, fechou o meio-campo e soube distribuir o jogo para o time comandado pelo técnico Rodrigo Santana. A necessidade de vitória, no entanto, fez o jogador deixar o gramado quando o Galo precisava fazer dois gols para levar o duelo para os pênaltis. Ele foi substituído por Ricardo Oliveira.

O PIOR: FRED VOLTA AO CRUZEIRO, MAS PASSA EM BRANCO DE NOVO

Fred voltou à escalação do Cruzeiro com Mano Menezes. O atacante entrou na vaga de Thiago Neves, barrado durante o aquecimento. Ele chegou ao seu maior período sem gols na Toca da Raposa II. O atacante não balança as redes desde 23 de abril de 2019, no triunfo por 2 a 0 sobre o Deportivo Lara na Venezuela. De lá para cá, foram 11 partidas sem marcar.

CAZARES FAZ GOLAÇO, MAS NÃO É SUFICIENTE

Juan Cazares marcou um golaço na noite desta quarta, no estádio Independência. O camisa 10 do Galo aproveitou toque de Fábio Santos de cabeça para estufar a rede adversário com uma bela finalização. Foi o primeiro gol do jogador depois de quatro partidas sem marcar. Antes disso, ele havia feito em 2 de junho, no triunfo por 4 a 0 sobre o CSA, pelo Campeonato Brasileiro.

COM GOLAÇO, PATRIC ENCERRA JEJUM

O lateral direito Patric acertou um belo chute nos acréscimos do segundo tempo e marcou um golaço diante do arquirrival Cruzeiro no jogo de volta das quartas de final da Copa do Brasil. Ele voltou a balançar as redes pelo clube mineiro pela primeira vez desde o seu retorno, em 2018.

ALERRANDRO E DAVID SÃO EXPULSOS APÓS POLÊMICA NO VAR

Um torcedor arremessou um copo no gramado aos 25 minutos do segundo tempo, enquanto o árbitro do jogo assistia a uma jogada no monitor de vídeo do VAR. Durante o fato, Dedé entregou o objeto à arbitragem. Por conta da atitude do zagueiro, os atletas dos times começaram a discutir. A briga culminou na expulsão de dois atletas: David, do Cruzeiro, deixou o gramado e Alerrandro, do Atlético-MG, também foi expulso.

VAR ANULA GOL DO CRUZEIRO

O Cruzeiro balançou a rede de Victor em um contra-ataque armado por David, responsável por substituir Fred no duelo. Pedro Rocha, algoz do primeiro jogo, foi quem estufou a meta do mandante no clássico. Porém, a arbitragem assinalou irregularidade no início do lance que culminou no gol. Na jogada, Fábio Santos foi derrubado por Lucas Romero. A arbitragem marcou infração para o Atlético-MG

THIAGO NEVES E ARIEL CABRAL SÃO VETADOS NO AQUECIMENTO

Escalados para o jogo da noite de hoje, Thiago Neves e Ariel Cabral ficaram fora do confronto. A dupla apareceu entre os prediletos de Mano Menezes, mas foi cortada após participar do aquecimento no gramado da Arena Independência. Ambos ficaram no banco de reservas. O motivo das ausências não foi confirmado pela comissão técnica. Para substituí-los, Mano Menezes optou por colocar em campo o lateral direito Orejuela, deslocando Lucas Romero para o meio de campo, ao lado de Henrique. Fred substituiu o camisa 10 no confronto ocorrido no Horto.

ATLÉTICO-MG

Victor; Patric, Réver, Igor Rabello e Fábio Santos; Jair(Ricardo Oliveira) e Elias(Luan); Otero(Geuvânio), Cazares e Chará; Alerrandro. T.: Rodrigo Santana

CRUZEIRO

Fábio; Orejuela, Léo, Dedé e Egídio; Henrique, Lucas Romero, Robinho(Jadson), ,Marquinhos Gabriel e Pedro Rocha(Dodô) e Fred (David). T.: Mano Menezes

Local: Independência, em Belo Horizonte (MG)

Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza (SP)

Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis e Alex Ang Ribeiro (SP)

Árbitro de vídeo: Vinicius Furlan (SP)

Cartões Amarelos: Fábio, Egídio, Robinho, Pedro Rocha, David (C); Jair, Cazares. Luan, Ricardo Oliveira (A)

Cartões Vermelhos: Alerrandro(ATL); David(CRU)

Público e renda: 22.145 e R$ 1.352.396

Gols: Cazares, aos 34min, e Patric, aos 47min do segundo tempo