Jornal do Brasil

Esportes

'Todos viram que nos roubaram', diz meia argentino sobre Copa América

FolhaPress

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Os jogadores da Argentina ainda não esqueceram a eliminação para o Brasil na Copa América. Em entrevista divulgada nesta quinta (11), o meia Leandro Paredes disse que os argentinos foram "roubados" na derrota por 2 a 0 na semifinal.

"A sensação era de tristeza. Fomos de pouco a muito no torneio. Nos deu muita raiva. Não só nós, todos viram que nos roubaram. Fizemos mais do que o Brasil e lamentavelmente não passamos", disse para a "Fox Sports" da Argentina.

Paredes disse que os jogadores souberam dos supostos erros de arbitragem assim que entraram no vestiário após o fim do jogo.

"Apenas entramos no vestiário e vimos as jogadas. A entrada no Agüero, me dei conta de que foi pênalti ainda em campo. Quando saiu o gol do Brasil, pedimos para ele revisar, mas só nos deu a bola. Não tinha como conversar com o árbitro, era muito soberbo", disparou.

O jogador também aproveitou a entrevista para elogiar o técnico Lionel Scaloni, que comandou a equipe na Copa América. "Ele foi muito firme e foi crescendo com a gente. Era um técnico sem experiência, mas foi muito bem. Seguramente vai melhorar, assim como nós. Ele nos fez bem, nos montou como um grupo", analisou.