Em nota, Fluminense comunica saída do auxiliar técnico Léo Percovich

RIO DE JANEIRO, RJ (UOL/FOLHAPRESS) - O Fluminense comunicou, na manhã desta sexta (14), que o auxiliar técnico Léo Percovich pediu desligamento do clube "para assumir outro projeto profissional fora do Brasil". No comunicado, o clube lhe desejou sucesso e afirmou que "as portas estarão sempre abertas não apenas ao Léo, mas a toda sua família".

O uruguaio, que foi goleiro do Fluminense entre 1996 e 1997, retornou ao clube das Laranjeiras em 2017, para ser técnico da equipe Sub-20. Em dezembro do mesmo ano, passou por um drama pessoal: durante um passeio com esposa e três filhos, sofreu um grave acidente de carro em Santos Dumont (MG), no km 743 da BR-040, e perdeu duas filhas.

Leo voltou aos trabalhos pouco mais de um mês depois e, no fim do ano passado, foi promovido a auxiliar permanente da comissão técnica do elenco profissional, trabalhando ao lado de Fernando Diniz.

Antes de retornar ao Fluminense, Percovich teve passagens pelas comissões técnicas do Colorado Rapids (EUA), Chivas USA (EUA), Toronto FC (CAN), Chicago Fire (EUA) e Middlesbrough (ING).

Veja o comunicado do Fluminense na íntegra:

"O Fluminense Football Club comunica o desligamento do auxiliar-técnico Léo Percovich. O profissional procurou a diretoria tricolor no início desta semana e informou sobre a decisão de deixar o clube para assumir outro projeto profissional fora do Brasil. A decisão também teve base em questões familiares e, por toda consideração pela história que construiu no clube, tanto como jogador quanto como membro do departamento de futebol, o clube aceitou e deseja muito sucesso a ele nesta próxima etapa na carreira. As portas estarão sempre abertas não apenas ao Léo, mas a toda sua família".