Flamengo obtém alvará definitivo para funcionamento do Ninho do Urubu

Após o incêndio que vitimou 10 jovens no Ninho do Urubu, o Flamengo obteve o alvará definitivo para o funcionamento integral de seu centro de treinamento.

Com a documentação em ordem, os jovens da base e os profissionais poderão dormir no local e também fazer suas refeições no Ninho, já que a cozinha está liberada para uso sem restrição alguma.

Macaque in the trees
O Ministério Público convocou uma reunião com a diretoria do Flamengo para prestar esclarecimentos sobre o incêndio que tirou a vida de 10 jovens no Ninho do Urubu (Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil)

"É uma grande vitória do Flamengo. O Ninho agora terá funcionamento pleno. Acabou a época de incertezas", disse Rodrigo Dunshee, vice-presidente geral e jurídico do clube.

INDENIZAÇÕES

Enquanto resolve a questão do CT, o Flamengo segue em busca de solucionar as indenizações com as famílias das vítimas. Alguns acordos, no entanto, estão parados nas negociações.

A última indenização fechada foi com Jhonata Ventura, ferido mais grave do incêndio. Caso não possa voltar ao futebol, o menino será contratado como funcionário do clube.

Foram acertados até o momento acordos com os familiares de Athila, Gedinho e Rykelmo (pai). A mãe, orientada pela advogada Gislaine Nunes, pretende entrar na Justiça.

Existe a expectativa de que novos acertos sejam anunciados, ainda que boa parte das conversas esteja travada.