"A atuação de hoje é fruto de muito trabalho", diz jovem destaque do Flu de ontem

Atacante de 17 anos marcou três gols e deu uma assistência na goleada por 4 a 1 sobre o Atlético Nacional, pela Sul-americana

O sorriso ainda é tímido, de quem não está tão acostumado a dar entrevistas. Mas a postura de um veterano se mistura ao jeito moleque de João Pedro, de apenas 17 anos, na hora de responder as perguntas na coletiva de imprensa, logo após seu primeiro jogo como titular do Fluminense em uma disputa internacional. O atacante brilhou na partida de ida da segunda fase da Copa Conmebol Sul-Americana, marcando três gols e dando uma assistência diante do Atlético Nacional, da Colômbia, na goleada por 4 a 1 e mostrou que o menino que adora vídeo game sabe bem o que fazer com a bola no pé.

- A atuação de hoje é fruto de muito trabalho. Venho trabalhando sério no dia a dia e acho que foi merecimento mesmo. Trabalho bastante para quando as oportunidades aparecerem, tentar finalizar e hoje fui feliz nas conclusões - destacou João Pedro, falando sobre a alegria de marcar gols no Maracanã.

Macaque in the trees
O jovem João Pedro foi o destaque do jogo com três gols (Foto: Lucas Merçon/FFC)

- É o sonho de qualquer menino jogar no Maracanã, dar alegria para a torcida e ainda ouvir eles gritarem seu nome. Desde a base, venho me empenhando bastante, no ano passado, consegui fazer 38 gols. É o sonho de todo mundo que assiste Cristiano Ronaldo e Messi, trabalho sempre para tentar fazer um hat-trick - explicou o atacante sobre o termo em inglês, aplicado a quem faz três gols em uma mesma partida.

Elogiado pelo técnico Fernando Diniz, o Moleque de Xerém também falou da mudança de vida nos últimos dias, após os gols com a camisa Tricolor. Já são sete na temporada.

- Depois desse dias, quando saio na rua, as pessoas pedem para tirar foto, mandam bastante mensagem na rede social, aumentou o número de seguidores, mas estou com a cabeça sempre pensando em evoluir. Não posso deixar isso subir à cabeça, tem muita coisa pela frente, busco sempre trabalhar e evoluir cada vez mais - respondeu, enaltecendo o apoio da família, amigos e companheiros de clube.

- Tenho a ajuda de todos, eles falam que isso é só o começo. O professor Diniz também fala bastante comigo, que é preciso manter os pés no chão e continuar trabalhando. A gente nunca sabe da nossa capacidade e para chegar ao topo, tem que trabalhar bastante, buscar evoluir na questão técnica e tática também, para chegar no topo, que é o meu objetivo - ressaltou. João Pedro já tem contrato assinado com o Watford, da Inglaterra, onde jogará a partir de 2020, mas o jovem garante que seu foco é o Tricolor.

- Estou com a cabeça no Fluminense. Quero aproveitar o momento que estou vivendo e buscar evoluir cada vez mais. A torcida está vindo, apoiando, gosto do carinho da torcida por mim e por todo o elenco, pelo professor. Vamos aproveitar o momento e buscar trazer, cada vez mais, alegria para o torcedor - analisou o jogador, agradecendo o carinho de quem sempre esteve ao seu lado.

- Muita gente me ligando e muitas mensagens recebidas, mas ainda não consegui falar com ninguém. O que quero é dar um abraço na minha família, que sempre me apoiou e esteve aqui no Maracanã me assistindo e torcendo por mim - finalizou João Pedro.

Com site oficial do Fluminense