Sem salários, jogadores do Bolton anunciam boicote a partidas

Os jogadores do Bolton Wanderers decidiram boicotar os próximos jogos do time na segunda divisão do Campeonato Inglês por conta da falta de pagamento de salários, informaram nesta sexta-feira a BBC e outras mídias britânicas.

O elenco entrou em greve neste mês e se recusou a se apresentar para treinos até que jogadores, comissão técnica e a equipe não-futebolística do clube recebessem seus vencimentos de março.

Macaque in the trees
Bolton Wanderers (Foto: Action Images / Craig Brough)

O Bolton, 23º colocado na Championship e já rebaixado à terceira divisão, possui duas partidas restantes nesta temporada --contra Brentford, no sábado, e Nottingham Forest. Ambos os jogos agora estão sob dúvida.

"A longa crise financeira em nosso clube foi bem documentada, assim como o fato de que nós, jogadores, ainda não recebemos nossos salários de março", disseram os atletas em comunicado apresentado pela BBC.

A Associação de Jogadores Profissionais de Futebol (PFA, na sigla em inglês), que concedeu um empréstimo ao Bolton para cobrir os salários dos esportistas em dezembro, apoiou a ação.

O Bolton não respondeu de imediato a um pedido por comentários.