Últimas atuações do São Paulo nos motivam para o clássico, afirma Hudson

O volante Hudson afirmou nesta quinta-feira que as últimas atuações motivam o São Paulo para tentar quebrar o tabu de sete derrotas diante do Palmeiras no estádio Allianz Parque, na capital. Neste domingo, as duas equipes se enfrentam às 16 horas, pela rodada de volta das semifinais do Campeonato Paulista.

"O principal motivador para tentarmos quebrar esse tabu são as nossas últimas atuações. O time está evoluindo. É um desafio grande. Mas, se conseguirmos a vitória, daremos um salto enorme na qualidade e na confiança do grupo. Temos a oportunidade de fazer história", disse o volante ao canal FOX Sports.

Nos últimos jogos, o São Paulo venceu o Ituano duas vezes nas quartas de final e fez uma atuação equilibrada com o Palmeiras. Além das boas atuações, o time conseguiu encontrar um padrão tático, baseado na marcação na saída de bola e na movimentação no meio de campo.

Hudson será titular diante do Palmeiras, mas ainda não sabe em que posição jogará. Nos últimos jogos, ele vem atuando na lateral-direita de forma improvisada. De acordo com o técnico Cuca, a mudança teve um objetivo tático. Em função do poder de marcação do volante, foi recuado para atuar junto com a linha de defensores, tornando o time mais compacto.

"Em geral, o atacante do lado esquerdo é mais rápido e costuma atacar bastante. Não é uma tarefa fácil marcar. Mas futebol é dinâmico. Espero poder ajudar como lateral ou como segundo volante. Quero ajudar da melhor forma possível", disse Hudson.

Para o jogo deste domingo, Cuca deve fazer mudanças do meio para a frente. O atacante Everton deve ser escalado no lugar de Everton Felipe. A intenção é criar uma opção de jogada de velocidade pelos lados do campo. Depois do empate por 0 a 0 no primeiro jogo, o São Paulo precisa vencer para chegar à final. Um empate, por qualquer placar, leva a decisão para os pênaltis.