Grêmio visita Universidad Católica sem direito a tropeço na Libertadores

O Grêmio, surpreendente lanterninha do grupo H da Copa Libertadores-2019, visita em Santiago a Universidad Católica sem direito a tropeços e precisando somar pontos para se manter na briga por uma vaga nas oitavas de final da competição.

 Acostumado a disputar finais continentais e campeão em 2017, o Grêmio precisa voltar a vencer na Libertadores para renascer na disputa pela classificação ao mata-mata, atualmente com apenas um ponto, a cinco de distância do líder Libertad e a dois da Católica (2ª).

A volta de Geromel, recuperado de lesão, à zaga para fazer a tradicional dupla com Kannemann dá uma nova esperança ao Tricolor gaúcho, que terá que "pensar somente na vitória", declarou Luan.

O atacante garantiu que o elenco sabe que a sequência de jogos que se aproxima será decisiva para o Grêmio. "Precisamos estar bem preparados e a cabeça é importante para isso. Temos que encarar os jogos como uma decisão para sairmos vitoriosos".

O meio de campo parece ser onde o técnico Renato Gaúcho tem mais dúvidas para escalar sua equipe. Alisson e marinho brigam pelo titularidade para apoiar o ataque formado por Luan, Everton e André.

 Aos pés da imponente Cordilheira dos Andes, o estádio San Carlos de Apoquindo será o cenário da batalha entre chilenos e brasileiros. Sebastián Sáez, atacante da Católica, admite que será "um jogo super difícil, contra um grande adversário de nível internacional" e tricampeão da Libertadores.

Pelo lado chileno

Do lado chileno, o melhor resultado da história da Católica na Libertadores foi um vice-campeonato em 1993, ano em que foi derrotada pelo São Paulo na final.

"Em casa temos que ser fortes como fomos contra o Rosario Central (vitória 2-1) e seguir com esse rendimento para conquistar os pontos e depois buscar vitórias como visitantes", completou o atacante argentino.

Para o técnico da Católica, Gustavo Quinteros, a partida será "definitiva". "Temos que ganhar para seguir na briga na Libertadores ou seguir entre os dois primeiros colocados do grupo e tentar manter essa posição", declarou o treinador argentino. Quinteros voltará a confiar em alguns jogadores experientes de seu elenco, como o goleiro Matías Dituro, o argentino Luciano Aued e o José Pedro Fuenzalida no meio, além de Edson Puch e Sáez no ataque.

A partida será disputada a partir das 19h00, horário de Brasília, e será apitada pelo colombiano Wilmar Roldán.

Prováveis escalações:

Universidad Católica: Matías Dituro - Stefano Magnasco, Valber Huerta, Benjamín Kuscevic, Juan Cornejo - César Fuentes, Luciano Aued - José Pedri Fuenzalida, César Pinares - Edson Puch e Sebastián Sáez. T: Gustavo Quinteros.

Grêmio: Paulo Victor - Leonardo, Geromel, Kannemann, Cortez - Michel, Maicon, Alisson - Luan, Everton e André. T: Renato Gaúcho.