Diego Souza é recebido com festa

Em um time que sofre com a escassez de gols desde o ano passado, a festa da torcida alvinegra pela chegada de Diego Souza, ontem, em General Severiano, fez todo sentido. Volante no início da carreira, o jogador chega ao clube com a responsabilidade de aumentar a média de um gol por jogo da equipe na função de centroavante.

"Já tive um papo com o Zé Ricardo sobre o posicionamento em campo e venho para assumir essa responsabilidade de camisa sete, mas com a função de um camisa nove. Vou procurar fazer bem essa função", disse.

O reforço assinou o contrato de empréstimo até o fim de 2019 ao lado do presidente Nelson Mufarrej. O jogador terá 100% dos salários pagos pelo alvinegro e pode deixar General Severiano antes de dezembro se receber proposta de no mínimo R$ 5,7 milhões.

Após assinar o vínculo com o Botafogo, Diego Souza foi muito atencioso com os torcedores presentes em seu primeiro contato os alvinegros. Imaginava-se que saudaria os botafoguenses rapidamente, mas o jogador surpreendeu e ficou pelo menos 20 minutos para atender à maioria dos fãs que se posicionaram mais próximos às grades da sede do clube.

O jogador também contou que a cobrança vem de casa, pois sua mãe é alvinegra: "Hoje não estou só feliz por estar vestindo essa camisa, mas também por dar essa felicidade à minha mãe. O Botafogo é muito presente na minha vida", afirmou.