Botafogo perde e fica por um triz

O título da Taça Rio parece ser, agora, a única chance de o Botafogo sobreviver no Carioca. Ontem, o time perdeu fora para o Volta Redonda, por 1 a 0, e ficou a nove pontos do quarto colocado geral, o Fluminense, a quatro rodadas do fim.

O alvinegro teve mais posse de bola, mas sofreu com a falta de criatividade. Nem mesmo a movimentação do trio Pimpão-Erik-Luiz Fernando conseguiu abrir espaços na defesa rival no primeiro tempo. Foi do Volta Redonda a melhor chance, aos 31, quando Daniel subiu sozinho após cobrança de falta e cabeceou no travessão.

Macaque in the trees
Rossi comemora seu primeiro gol com a camisa do Vasco. Atacante fechou o placar no segundo tempo (Foto: André Melo Andrade/AM Press/Lancepress!)

Sem grandes efeitos, Zé Ricardo colocou Cícero no lugar de Helerson no intervalo, para melhorar a qualidade do passe. Para piorar, em jogada bem trabalhada, Bruno Barra acertou um chutaço da entrada da área, aos 15, e abriu o placar para os mandantes. O Botafogo só levou perigo real em chute desviado de Cícero, aos 29, que carimbou o travessão. Muito pouco para quem jogava um confronto direto.

Volta Redonda: Douglas Borges, Luís Gustavo, Heitor, Daniel e Luiz Paulo; Bruno Barra, Bileu, Douglas Lima (Alyson), Marcelo (Jorge Luiz) e Wandinho; João Carlos. Botafogo: Diego Cavalieri, Marcelo, Helerson (Cícero), Gabriel e Jonathan; Jean (João Paulo), Rickson e Leo Valencia; Rodrigo Pimpão, Erik e Luiz Fernando (Kieza). Juiz: Maurício Machado Júnior. Cartões amarelos: Bruno Barra, Jonathan, Rodrigo Pimpão e Jean.