Botafogo volta ao Rio de bem com a vida

O Botafogo viveu momentos de apreensão após um péssimo arranque de temporada, com quatro tropeços consecutivos e eliminação precoce na Taça Guanabara, com direito a derrotas para Cabofriense e para Resende. Três semanas depois do último tropeço, qualquer resquício de crise já é coisa do passado.

A cereja no bolo da reabilitação foi a grande vitória por 3 a 0 sobre o Defensa y Justicia, pela Copa Sul-Americana, o primeiro triunfo alvinegro em jogos oficiais na Argentina. Foi também o placar mais dilatado a favor do Botafogo longe de seus domínios em competições internacionais.

Para celebrar o bom momento, um pequeno grupo de torcedores se deslocou até o Galeão para recepcionar os jogadores no retorno da Argentina.

"É um carinho especial, um momento muito bom de todo o grupo. Estamos em uma crescente. Estamos evoluindo coletivamente e os talentos individuais vão surgindo. É muito importante também passar jogos sem sofrer gols. Esperamos evoluir mais e mais a cada jogo", vibrou Erik, herói da classificação alvinegra.

Por seu caráter decisivo, o atacante prova em campo que a renovação do empréstimo junto ao Palmeiras foi o principal reforço do Botafogo para a temporada. Erik marcou três dos quatro gols da equipe no confronto com o Defensa y Justicia, e já lidera, com quatro, a lista de artilheiros do elenco em 2019.

O time de Zé Ricardo tem agora outro desafio pela frente. Amanhã, às 19h30, faz clássico no Nilton Santos com o Vasco, ainda invicto neste ano. Será a estreia alvinegra na Taça Rio.