Rossi pode ser a surpresa do Vasco

O Vasco tem 100% de aproveitamento na Taça Guanabara. Venceu os seis jogos que disputou até agora, inclusive o clássico contra o Fluminense, seu adversário de amanhã na final da competição. Muito provavelmente, o técnico Alberto Valentim manterá o time que vem jogando até agora, mas se quiser fazer uma surpresa para surpreender Fernando Diniz ele tem à disposição o atacante Rossi.

Contratado no fim de janeiro, o atacante ainda não foi relacionado para nenhum jogo do Vasco. Logo nos primeiros dias ele acusou fortes dores musculares e desde então vem se recuperando. Valentim não descarta a utilização de Rossi, apesar da falta de ritmo de jogo do atacante. "O Rossi sentiu dores musculares e, por isso, não o levei para o jogo contra o Resende. E tem também o Fellipe Bastos.Os dois treinaram muito bem ontem e estão disponíveis. Tenho que levar 23 e preciso ver as posições", explicou o técnico do Vasco.

Para Alberto Valentim, Fluminense e Vasco foram os times que melhor se apresentaram na Taça Guanabara e, por isso, merecem fazer a final. As duas equipes se enfrentaram na quinta rodada, em Brasília, e oi Vasco levou a melhor (1 a 0), apesar do equilíbrio visto em campo.

Macaque in the trees
Rossi briga pela bola em São Januário. Atacante está disponível para a decisão (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)

Valentim sabe que o Fluminense vai querer ficar com a bola, como fez diante do Flamengo, na semifinal, quando teve mais de 60% de posse. "O Fernando Diniz trabalha muito bem a posse, usando o o goleiro Rodolfo, principalmente quando é pressionado. Hoje, a posse de bola é muito discutida. Tem gente que não gosta", afirmou.

O técnico do Vasco admitiu que o desempenho do time até agora supera todas as expectativas. Mas quer mais. "Nós estamos no inicio da temporada e conseguimos fazer um começo de campeonato muito bom. Mas nós temos uma margem grande para melhorar e eles sabem. Estou satisfeito, mas estamos começando um trabalho.