PSG passeia em Manchester

O Paris Saint-Germain ignorou os desfalques de Neymar e Cavani, dois de seus principais jogadores, e, com uma atuação muito madura, derrotou ontem o Manchester United, na Inglaterra, no jogo de ida pelas oitavas de final da Liga dos Campeões. A situação do PSG ficou tão confortável, que mesmo perdendo por um gol de diferença no jogo da volta, dia 6 de março, em Paris, estará nas quartas.

No outro jogo de ontem, o Roma derrotou o Porto por 2 a 1, na capital italiana. Zanolo fez os dois gol dos donos da casa. Adrián López descontou para os portugueses. Uma vitória por 1 a 0, na volta, no Estádio do Dragão, classificará os portugueses.

Macaque in the trees
O atacante Mbappé toca para marcar o segundo gol do PSG na vitória em pleno Old Trafford (Foto: FRANCK FIFE / AFP)

Depois de um primeiro tempo equilibrado, o PSG voltou com tudo do intervalo. Abriu o placar com o zagueiro Kimpembé, logo aos oito minutos.

O gol desmontou o sistema defensivo do Manchester United, que ainda não havia perdido com o técnico Solskjaer após nove partidas. Aos 15, Mbappé fez o segundo após contra-ataque fulminante do time francês. O atacante ainda perdeu o terceiro ao tentar encobrir o goleiro De Gea, que, por sinal, evitou uma goleada.

O brasileiro Daniel Alves, que voltou a jogar recentemente após operar o joelho, foi um dos destaques do PSG e quase marca um golaço de fora da área.

Hoje, o Real Madrid, atual tricampeão da Liga, provavelmente com Vinicius Júnior entre os titulares, enfrenta o Ajax, em Amsterdã. No outro jogo de logo mais, o Tottenham recebe o Borussia Dortmund, em Londres.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais