O drama de Neymar

Menos de um ano após sofrer fratura no quinto metatarso do pé direito Neymar vive novo drama. Atingido no último dia 23, em partida contra o Strasbourg, pela Copa da França, o craque brasileiro teve confirmada ontem uma nova fartura no mesmo local em que se lesionou em 2018. A princípio, a contusão é menos grave, tanto que até agora não se falou em nova cirurgia. Uma coisa é certa, Neymar dificilmente estará em campo no dia 12 de fevereiro, quando seu time enfrenta o Manchester United, na Inglaterra, no jogo de ida pelas oitavas de final da Liga dos Campeões.

Neymar, por sinal, também deverá ficar de fora do primeiro amistoso da seleção em 2019, dia 26 de março, contra a República Tcheca, em Praga. O técnico TIte, que está em Paris, juntamente com Edu Gaspar, coordenador de seleções da CBF, deixou claro que não vai sacrificar seu capitão.

Macaque in the trees
Neymar deixa o campo lesionado após fraturar o metatarso (Foto: Franck Fife/AFP)

"Perco meu emprego, mas não vou carregar essa responsabilidade de convocá-lo machucado. Só será chamado quando estiver 100%", afirmou Tite.

Médico da seleção brasileira, que operou Neymar ano passado, Rodrigo Lasmar foi chamado pelo PSG a Paris para avaliar o jogador. Lasmar deverá chegar hoje à capital francesa. Segundo Edu Gaspar o clube vai ouvir outros médicos além do brasileiro. " O PSG está sendo bastante criterioso. Vai ouvir outros especialistas para tomar uma decisão", disse o coordenador, acrescentando que Lasmar foi chamado a Paris a pedido do jogador.

O clube francês, por sua vez, está esperando uma avaliação mais aprofundada da contusão para saber o rumo a tomar. Apesar de não se falar, por enquanto, em cirurgia, não está totalmente descartada uma nova intervenção. Ontem, após a goleada sobre o Rennes por 4 a 1, pelo Campeonato Francês, o técnico Thomas Tuchel disse que ainda é cedo para se tomar uma posição definitiva.

"Temos que esperar pela primeira semana, que é muito importante, e aguardar também a reação dele ao tratamento. Só depois disso é que podemos ser mais precisos. Mas não é segredo que sua presença contra o United é muito difícil", afirmou o alemão.

Capitão do PSG e amigo muito próximo de Neymar, o zagueiro Thiago Silva confirmou o que já dissera Tuchel sobre o estado de ânimo do atacante brasileiro. "Claro que Neymar está triste. Como no ano passado, ele começou a temporada muito bem. Agora ele está machucado novamente no momento mais importante da temporada", lamentou Thiago Silva.

Tite admitiu que a nova contusão do atacante afetou o estado de espírito de todos que conhecem o craque. "Faço minhas as palavras de Thomas Tuchel: ele está triste, Neymar está triste e eu também estou triste", completou o técnico da seleção brasileira.